20 de janeiro de 2008

"Do Senhor é a terra com tudo o que ela contém". Sl. 24,1

Pelas flores que se abrem a nossos pés,
Pai, damos graças a ti.
Pela relva suave, tão verde e tão tenra, Pai, damos graças a ti.
Pelo canto das aves e o mel das abelhas,
Por tudo o que vemos e ouvimos de belo, Pai, celeste, damos graças a ti.
Pelo azul do céu e pelo azul do mar, Pai, damos graças a ti.
Pela sombra amena dos altos ramos, Pai, damos graças a ti.
Pelo ar perfumado e o frescor da brisa,
Pela beleza das árvores floridas, Pai celeste, damos graças a ti.
Pela manhã que nasce com a sua luz, Pai, damos graças a ti.
Pelo abrigo e o repouso da noite, Pai, damos graças a ti.
Pela saúde e alimento, pelo amor e amizade, por tudo o que nos envia a tua bondade,
Pai celeste, damos graças a ti.


Ralph Waldo Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

20 de janeiro de 2008

"Do Senhor é a terra com tudo o que ela contém". Sl. 24,1

Pelas flores que se abrem a nossos pés,
Pai, damos graças a ti.
Pela relva suave, tão verde e tão tenra, Pai, damos graças a ti.
Pelo canto das aves e o mel das abelhas,
Por tudo o que vemos e ouvimos de belo, Pai, celeste, damos graças a ti.
Pelo azul do céu e pelo azul do mar, Pai, damos graças a ti.
Pela sombra amena dos altos ramos, Pai, damos graças a ti.
Pelo ar perfumado e o frescor da brisa,
Pela beleza das árvores floridas, Pai celeste, damos graças a ti.
Pela manhã que nasce com a sua luz, Pai, damos graças a ti.
Pelo abrigo e o repouso da noite, Pai, damos graças a ti.
Pela saúde e alimento, pelo amor e amizade, por tudo o que nos envia a tua bondade,
Pai celeste, damos graças a ti.


Ralph Waldo Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...