30 de junho de 2009

Comigo!

"Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve"...

[Cecília Meireles]


Um raio de sol aquece, minhas palavras e meus lábios...

A vida toda vai mudando, tecendo com alegria momentos cheios de sabor!

Meu desejo e agonia estão aqui, presentes, mas não nos impedem nada!

Iluminando tudo neste instante apenas nossa alegria, desprendimento e mais nada!

Apenas memórias, em sintonia comigo!

29 de junho de 2009

Segunda gordinha...

Olha que coisa mais amada eu recebi da blogueira simpática e inteligente Larissa, do blog

http://blogsophieloren.blogspot.com/

Regras: Indicar os 10 blogs "Carpe Diem" na sua opinião e responder o que significa "colher o dia" pra você.

Para mim "colher o dia" é: Acordar bem, um bom banho, encontrar pessoas legais, sorrir com pequenas coisas e ouvir música!



Beijocas, boa semana!

28 de junho de 2009

Um novo olhar...

Estou numa fase de escolher caminhos...
Acordar para um novo olhar das coisas!

Estou tirando minha vida da estante novamente...
Hora de organizar as prateleiras, tirar o pó!

Achei que seria mais fácil e prático realizar esta tarefa.
Enganei-me, redondamente...
Temos a teimosia de querer repetir as coisas, refazer caminhos ao invés de descobrir novos...

Por isso, meu maior desafio é redescobrir caminhos e um novo olhar sobre os caminhos repetidos... Inevitáveis!


26 de junho de 2009

Ansiedade x vontade

E de novo veio aquela inquietação...
Muitas vezes me confunde, abre meus caminhos e impulsiona meu andar!
Como todo bom pé na bunda.


Assim se foram alguns amores, amigos, empregos, sonhos...
Tudo que não deu sentido a minha vida, foi sendo chutado.
Mas vamos lá, a vida é assim, milhares de recomeços e coisas boas guardadinhas, bem no fundo do baú!

Muitas coisas boas aconteceram nesta semana. Talvez seja por isso que essa ansiedade vem de forma tão repentina fazendo eu esquecer o pedido que fiz a Deus de que fosse feito apenas a vontade D'Ele.

A partir de agora é manter o foco apenas no que é essencial!


Bom findi pra todas e todos!



25 de junho de 2009

Não é de hoje...

[clique para ampliar]

O artigo é da Veja de 14 de Maio de 1986.
Já naquela época existiam os "atos secretos" da família Sarney.

E toda essa avalanche de denúncias vem agora, como se fosse novidade...

Ainda bem que é mês de junho, em função das festas juninas, tem quadrilha pra todo lado!

24 de junho de 2009

Caminhos...

♪"...E o futuro se anuncia num outdoor, luminoso, luminoso o futuro se anuncia...
Não é que eu ache que o mundo tenha salvação...


♪ [Zeca Baleiro, Balada do Asfalto]








23 de junho de 2009

=(


Por que tenho dias que me sinto uma perfeita estranha?
No meio de todo mundo, andando como se estivesse na contramão!

Parece que as pessoas enlouqueceram, todas, sem exceção!
Ninguém se reconhece mais como ser, apenas querem ter...

As pessoas se maltratam, desejam o que não é possível...
Por um instante queria acabar, com tudo, com todos!

Penso em tudo, em os que me cercam.
Sofro com tantas maldades... Deito, adormeço e penso...
Tá tudo virado do avesso!

22 de junho de 2009

Vida

Os fluxos contínuos da vida que, dia e noite,
correm de veia em veia em meu corpo,
correm velozes à conquista do universo:
esta vida, em ritmo maravilhoso,
em tempo de dança com o mundo;

esta vida, caladinha,
de minúsculas partículas,
neste mundo de argila,
em miríades de fios de relva,
no movimento e na alegria,
manifesta-se na folhas e nas flores;

de século a século
as universais revoluções
de vida e morte no oceano brincam
nas altas e baixas marés.


Sinto esta vida infinita que me faz glorioso
em todos os membros.
Este imenso palpitar de séculos infinitos, hoje,
pulsa em minhas veias.

[Tagore]

21 de junho de 2009

Começa...

Dentro da gente...
Numa busca pelo calor, mais humano.

Começa... Mas parece fim, parece adormecer tudo que sei...
Termina, quando tudo recomeça, fazendo-nos querer logo!

Para mim é a infância do tempo, faz com que tudo tenha sua quietude.
Parece que tudo se tranquiliza, para proteger, para sonhar...

Duas curtos, noites longas e cheias de poesia!
Tudo ganha cheiro, aromas típicos do momento...

Dias mais p&b, chuvinhas insistentes...
Noites mais deliciosas, edredons mais interessantes!

Ficar juntinhos, quietos, ouvir o coração.
Pássaros e gentes se encolhem, o céu engrandece, quando tem aquele azul!

Talvez Deus tenha inventado o inverno para nos fazer pensar, parar... Refletir!
É momento de querer, de refazer e repensar...

Com acalanto, com esperança e algum calafrio, ele vem...
Diminue nossa disposição, mas amplia nosso olhar.

O inverno é assim, adormece alguns, desperta outros...
Mas não passa sem ser sentido!






Venha Sr. Inverno! Queremos sentí-lo!

20 de junho de 2009

Olhei e gostei!




Depois de relutar voltar a assistir televisão, assisti a série "Tudo Novo de Novo", na Globo.
Confesso que não tinha visto nada igual.
A proposta da série, um formato "mais real" das famílias brasileiras, sem aqueles chavões das novelas, onde tudo é demasiado certinho e previsível.
Achei que os assuntos ali abordados são sérios, reais e estão tratando tudo com muita seriedade e detalhes bem interessantes.

Os atores escolhidos são ótimos! A muito tempo não via nada na tv que me chamasse atenção pelos temas abordados e a forma tão realista.

Soube, por sites de programação da tv aberta, que a Globo não pretende continuá-la, a justificativa seria que essa "nova família" não teria empolgado.

Pais separados, filhos com crises de adolescência, drogas, homossuexualismo, traição, idosos querendo refazer suas vidas...

Minha reação foi mais ou menos assim: Como a Globo coloca algo no ar sem cenas de sexo e violência??

Tudo Novo de Novo tem charme, diálogos complexos e completos. Não sei quanto de vida terá, mas irei assitir.

Claro, que, para quem coloca nos ar programas tão ruins, a exemplo de Zorra Total, fica difícil manter algo bom no ar. Mas não custa torcer para que continue!

18 de junho de 2009

RECORDO AINDA


Recordo ainda... e nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre, de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de Desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...

Estrada afora após segui... Mas, aí,
Embora idade e senso eu aparente
Não vos iludais o velho que aqui vai:

Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino... acreditai!...
Que envelheceu, um dia, de repente!...

[Mario Quintana]

16 de junho de 2009

O segredo do amor



Eu quisera poder compreender o segredo do amor por que é que ele é tão misterioso e avassalador?
De onde nasce o seu poderio?
De onde vem toda a sua ternura de tal modo que alguém dê sua vida sem que seja loucura?
Quem me dera que fosse ele mesmo a dizer sobre si e a falar dos momentos de luta contra os anjos do mal o que faz com a indiferença?
Onde vai quando encontra a descrença?
E o que sente diante dos fatos que ferem a vida?


São perguntas que tocam no fundo
E que mexem com meus sentimentos
Todas elas me pedem respostas
Me inquietam por dentro
Seu eu fugir elas vão ter comigo
Já não querem os meus pensamentos
São apelos de amor e sentido
Do mistério que habita em meu peito.

Mas o amor não se deixa tomar: seu mistério é maior
E não há quem invente um jeito de guarda-lo pra si
Ele é paciência e bondade
Nele existe total liberdade
Quem se deixou tomar por sua força
Conheceu a verdade.

Pois só ele responde às perguntas
E aos anseios que levo comigo
Bem conhece as minhas certezas
E o que eu mais preciso
Encontra-lo é não ter mais sossego
Retornar não será mais possível
Vou pedir pra poder contemplá-lo
Pois, sem ele, viver não consigo.

[Jorge Trevisol]


14 de junho de 2009

Últimos momentos...



Boas conversas,
Bons passeios,
Convivência a mil, pessoas legais, outras nem tanto!

Filmes de aventura, cômicos, suspense e ... animações!
Dias de dedicação, introspectivos, com ajuda do frio!

Dias de boas notícias, de notícias repetidas, de notícias chocantes!
Dias de trabalho, pouco e muito tempo. Dias de descanso e descaso!

Momentos de rabugice, de felicidade e sorriso solto.
Vinho e peixe com a família. Sopas, churrasquinhos com cerveja bock com amigos!

Momentos normais! Outros nem tanto. Alguns sem nexo, mas complexos!
Ah! O que aconteceu nos últimos dias? Tudo e nada, de especial!

Beijocas a todos.

12 de junho de 2009

AME!





O Dia dos Namorados é comemorado no mundo todo.
No Brasil, a festa ocorre no dia 12 de junho, véspera do Dia de Santo Antônio, santo português muito cultuado pelos católicos, que o consideram casamenteiro, protetor das causas perdidas e milagreiro.
Uma antiga tradição lusitana conta que uma moça bonita e solitária queria muito se casar e estava à procura de um namorado. Muito ansiosa, pediu ajuda a santo Antônio.

O tempo foi passando e ela continuava só. Um dia, ao olhar-se ao espelho, reparou que estava envelhecendo e o santo parecia não escutar suas orações. Num gesto impulsivo, de raiva e desilusão, pegou a estátua de madeira de santo Antônio e jogou-a pela janela. A estátua caiu na cabeça de um rapaz que passava pela rua, que desmaiou. A moça, ao ouvir os gritos dos vizinhos, foi ver o que tinha acontecido e socorreu o rapaz. Este, ao abrir os olhos e vê-la, apaixonou-se perdidamente.

A explicação real para a escolha desse dia e do santo não é nem um pouco romântica.

Começou quando a loja Clipper, em São Paulo, contratou em 1940, uma agência de propaganda em que era publicitário João Dória. A loja precisava melhorar as vendas de junho, mês considerado fraco para o comércio. Depois das vendas para a festa do Dia das Mães, o comércio quase sucumbia até agosto, quando os pais são lembrados.

João Dória elaborou uma campanha para o dia 12 de junho, inspirada no Valentine's Day - um sucesso no comércio americano - e para o dia 13 de junho, Dia de Santo Antônio, popularmente consagrado como padroeiro dos namorados, com o slogan "Não é só de beijos que se prova o amor", instituindo o Dia dos Namorados. Tornou-se um evento de sucesso e já faz parte do calendário das tradições brasileiras.


[Informações: Paulinas On Line]


Aproveite a data e AME! Compartilhe sentimentos verdadeiros com quem está com você!


9 de junho de 2009

Emoções...

"Sou construída por emoções secretas.
Podem até comentar sobre mim, mas
me capturar, só com minha permissão."
[Martha Medeiros]

7 de junho de 2009

Surpresa e liberdade

As pessoas ainda me surpreendem...
Ou eu não percebo exatamente as coisas ao meu redor?
De todo jeito, a surpresa é ótima!
O simples fato de surpreender já é delicioso...
A sensação de alegria e entusiasmo quando somos surpreendidos positivamente é algo indiscritível!
Quase liberdade pura, sem cinto de segurança!
Algumas vezes, sem saber o que pensar, sair do túnel, como caminhar, sabe?
Tuas palavras iluminadas me fizeram ver!

HOJE, dia da Liberdade de Imprensa.

No dia 7 de junho comemora-se a liberdade de imprensa no Brasil (embora mundialmente essa data seja comemorada no dia 3 de maio, conforme deliberação da ONU), em virtude da censura à imprensa escrita e falada, ocorrida durante o Estado Novo, depois acrescida à televisão, durante o período em que as Forças Armadas assumiram o poder, cujo início deu-se em 31 de março de 1964. A informação dos brasileiros era uma questão de "segurança" do Estado, ou seja, tudo o que era escrito ou falado passava pela censura do governo. Muitos brasileiros, no entanto lutaram pela liberdade de imprensa e, em conseqüência disso, foram presos, torturados e até mortos na luta por uma nação livre e soberana.

Durante o regime militar, apareceram no Brasil cerca de 150 periódicos regionais e nacionais de oposição ao governo. Cada um deles denunciava as torturas, as violações dos direitos humanos, a falta de liberdade, o arrocho salarial e a degradação das condições de vida dos trabalhadores.

VIVA A LIBERDADE, acima de tudo!

5 de junho de 2009

A-mar

"Amar se aprende amando
O mundo é grande e cabe...
na janela que dá para o mar.
O mar é grande e cabe...
na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe...
no breve espaço de beijar."

[Drummond]


4 de junho de 2009

Hoje

Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão ou Dia Internacional contra a Agressão Infantil, ou Dia Internacional das Crianças Vítimas Inocentes da Violência e da Agressão, como é denominado pela ONU, que o criou em 1982, não como data para se comemorar, mas para se refletir.

A violência contra a criança é um assunto que desperta o interesse da sociedade que busca entender as razões de tal abuso. Há muitos tabus, falsas crenças e mitos sobre esse tema, como achar que a violência contra a criança atinge apenas as classes pouco favorecidas socioeconomicamente ou que se trata de um assunto novo. A história, contudo, prova o contrário.


No Brasil, as crianças eram assunto para os órgãos de segurança pública até 1935. Depois, elas passaram a ser assistidas pela Justiça até 1967; somente a partir dessa data tornaram-se objeto das instituições de promoção social.
A idéia de que essa temática é apenas de cunho privado e que deve ficar entre as quatro paredes do lar é um erro da nossa cultura paternalista. Geralmente, a tendência da família é acobertar os familiares envolvidos na agressão ou não denunciar tais pessoas aos órgãos competentes, com o pretexto de não se envolver em escândalo perante a sociedade.


O tema "violência de pais contra filhos" foi estudado durante anos. Chegou-se a conclusão de que todos os envolvidos, agressores e vítimas, são prisioneiros de uma teia em que a violência doméstica está mesclada à violência mais ampla, gerada no âmbito social. Os agressores de hoje, geralmente, foram vítimas no passado.

A ONU divulgou, em 1959, a Declaração dos Direitos da Criança, a qual tem sido referendada por muitos países, neles incluído o Brasil. Nela constam dez princípios que podem ser assim resumidos:

1. A criança deve ser protegida, para se desenvolver num lugar onde tenha liberdade e respeito.
2. A criança tem o direito de ter um nome e de pertencer a um país.
3. A criança tem direito a boa alimentação, moradia, diversão e assistência médica.
4. A criança com problemas físicos, mentais ou sociais deve receber cuidados especiais.
5. A criança precisa de amor e compreensão. Por isso, deve ficar com os pais ou num lugar em que receba carinho e segurança. A sociedade ou a autoridade pública tem o dever de ajudar a criança sem família e as famílias pobres.
6. A criança tem direito de receber educação, que deverá ser gratuita e obrigatória. Na escola, as oportunidades devem ser iguais para todas. A criança deve ter todas as oportunidades de brincar, divertir-se e ser importante para a sociedade.
7. A criança deve ser a primeira a receber socorros.
8. A criança deve ser protegida contra o abandono, a crueldade e a exploração. Não se deve em caso algum permitir que ela tenha ocupação que prejudique sua saúde ou seu desenvolvimento físico, mental ou moral.
9. Nenhuma criança pode ser discriminada por sua raça, cor, religião, sexo, língua, opinião, política ou de outra natureza etc.
10. A criança deve ser educada em ambiente de compreensão, amizade, paz e fraternidade universal, para que ofereça sua energia e seu talento a serviço de seus semelhantes.

O sonho é que esses direitos fossem respeitados e cumpridos pelos pais, responsáveis, autoridades públicas, enfim, por todos os responsáveis pela formação da criança, a violência e as agressões não existiriam...

[fonte das informações: Paulinas On Line]

2 de junho de 2009

Nenhuma borracha consegue

A palavra é uma forma preciosa de nos comunicarmos...
Ela alcança o coração!
Faz movimentar o mundo, enche tudo, completa a vida.
A palavra docemente dita pode ser esquecida, a palavra maldita não... Guardamos como mágoa...
Por que será que as palavras que nos causam decepção são guardadas num lugar especial e as que nos alegram são facilmente esquecidas?
Por que as pessoas não acreditam no que elas mesmas dizem?
Sim, isso mesmo que leu, não acreditam, pois se acreditassem o mundo não estaria assim...
Por que as palavras podem causar tanta decepção, mesmo vindo da mesma pessoa que pronunciou palavras de amor?
Atente-se ao que pronuncia, o tempo até apaga imagens, desfaz sabores mas não apaga palavras.
Dificil uma borracha que o faça.
Aliás, o tempo insiste em esconder a borracha, faz sobreviver o que é dito, quase sempre o que nos machucou...

1 de junho de 2009

Ainda não me acostumei

Sabe as coisas mais modernas que a tecnologia proporciona? Isso eu acho genial, sou fã dos modens sem fio, que permite conectar de qualquer canto desse mundo, amo o bluetooth, genial os cartões de memória, ihhh, sem falar da alegria quando ganhei minha primeira pen drive!

Mas quando a "modernidade" vem em relação as opções sexuais das pessoas, juro que não me acostumei...

Calma! Não tenho preconceito algum com diferentes preferências sexuais, o que quero dizer é essa "moda" agora que as pessoas tem que experimentar outras formas de relações, não é raro encontrar alguém que diga que topa tudo, que é bi, tri, tetra e até pentassexual!

Escrevo aqui como "moda" no sentido das pessoas que experimentam por experimentar, para ver qual é, não estou falando sobre quem sabe qual é a sua preferência sexual.
Por favor, eu ri disso quando ouvi, depois descobri que existe... Aí já viu né, vou demorar mais pra me acostumar!

Alexandre Frota e Preta Gil são os pentassexuais mais famosos que eu tenho notícia!

Claro que, não quero estabelecer comparação com as tecnologias da informática e a vida sexual das pessoas, mas apenas dizer que sou super aberta as novidades, mas sobre a "moda" de experimentar de tudo, na vida sexual, confesso que não é tão fácil eu me acostumar...

Boa semana!

30 de junho de 2009

Comigo!

"Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve"...

[Cecília Meireles]


Um raio de sol aquece, minhas palavras e meus lábios...

A vida toda vai mudando, tecendo com alegria momentos cheios de sabor!

Meu desejo e agonia estão aqui, presentes, mas não nos impedem nada!

Iluminando tudo neste instante apenas nossa alegria, desprendimento e mais nada!

Apenas memórias, em sintonia comigo!

29 de junho de 2009

Segunda gordinha...

Olha que coisa mais amada eu recebi da blogueira simpática e inteligente Larissa, do blog

http://blogsophieloren.blogspot.com/

Regras: Indicar os 10 blogs "Carpe Diem" na sua opinião e responder o que significa "colher o dia" pra você.

Para mim "colher o dia" é: Acordar bem, um bom banho, encontrar pessoas legais, sorrir com pequenas coisas e ouvir música!



Beijocas, boa semana!

28 de junho de 2009

Um novo olhar...

Estou numa fase de escolher caminhos...
Acordar para um novo olhar das coisas!

Estou tirando minha vida da estante novamente...
Hora de organizar as prateleiras, tirar o pó!

Achei que seria mais fácil e prático realizar esta tarefa.
Enganei-me, redondamente...
Temos a teimosia de querer repetir as coisas, refazer caminhos ao invés de descobrir novos...

Por isso, meu maior desafio é redescobrir caminhos e um novo olhar sobre os caminhos repetidos... Inevitáveis!


26 de junho de 2009

Ansiedade x vontade

E de novo veio aquela inquietação...
Muitas vezes me confunde, abre meus caminhos e impulsiona meu andar!
Como todo bom pé na bunda.


Assim se foram alguns amores, amigos, empregos, sonhos...
Tudo que não deu sentido a minha vida, foi sendo chutado.
Mas vamos lá, a vida é assim, milhares de recomeços e coisas boas guardadinhas, bem no fundo do baú!

Muitas coisas boas aconteceram nesta semana. Talvez seja por isso que essa ansiedade vem de forma tão repentina fazendo eu esquecer o pedido que fiz a Deus de que fosse feito apenas a vontade D'Ele.

A partir de agora é manter o foco apenas no que é essencial!


Bom findi pra todas e todos!



25 de junho de 2009

Não é de hoje...

[clique para ampliar]

O artigo é da Veja de 14 de Maio de 1986.
Já naquela época existiam os "atos secretos" da família Sarney.

E toda essa avalanche de denúncias vem agora, como se fosse novidade...

Ainda bem que é mês de junho, em função das festas juninas, tem quadrilha pra todo lado!

24 de junho de 2009

Caminhos...

♪"...E o futuro se anuncia num outdoor, luminoso, luminoso o futuro se anuncia...
Não é que eu ache que o mundo tenha salvação...


♪ [Zeca Baleiro, Balada do Asfalto]








23 de junho de 2009

=(


Por que tenho dias que me sinto uma perfeita estranha?
No meio de todo mundo, andando como se estivesse na contramão!

Parece que as pessoas enlouqueceram, todas, sem exceção!
Ninguém se reconhece mais como ser, apenas querem ter...

As pessoas se maltratam, desejam o que não é possível...
Por um instante queria acabar, com tudo, com todos!

Penso em tudo, em os que me cercam.
Sofro com tantas maldades... Deito, adormeço e penso...
Tá tudo virado do avesso!

22 de junho de 2009

Vida

Os fluxos contínuos da vida que, dia e noite,
correm de veia em veia em meu corpo,
correm velozes à conquista do universo:
esta vida, em ritmo maravilhoso,
em tempo de dança com o mundo;

esta vida, caladinha,
de minúsculas partículas,
neste mundo de argila,
em miríades de fios de relva,
no movimento e na alegria,
manifesta-se na folhas e nas flores;

de século a século
as universais revoluções
de vida e morte no oceano brincam
nas altas e baixas marés.


Sinto esta vida infinita que me faz glorioso
em todos os membros.
Este imenso palpitar de séculos infinitos, hoje,
pulsa em minhas veias.

[Tagore]

21 de junho de 2009

Começa...

Dentro da gente...
Numa busca pelo calor, mais humano.

Começa... Mas parece fim, parece adormecer tudo que sei...
Termina, quando tudo recomeça, fazendo-nos querer logo!

Para mim é a infância do tempo, faz com que tudo tenha sua quietude.
Parece que tudo se tranquiliza, para proteger, para sonhar...

Duas curtos, noites longas e cheias de poesia!
Tudo ganha cheiro, aromas típicos do momento...

Dias mais p&b, chuvinhas insistentes...
Noites mais deliciosas, edredons mais interessantes!

Ficar juntinhos, quietos, ouvir o coração.
Pássaros e gentes se encolhem, o céu engrandece, quando tem aquele azul!

Talvez Deus tenha inventado o inverno para nos fazer pensar, parar... Refletir!
É momento de querer, de refazer e repensar...

Com acalanto, com esperança e algum calafrio, ele vem...
Diminue nossa disposição, mas amplia nosso olhar.

O inverno é assim, adormece alguns, desperta outros...
Mas não passa sem ser sentido!






Venha Sr. Inverno! Queremos sentí-lo!

20 de junho de 2009

Olhei e gostei!




Depois de relutar voltar a assistir televisão, assisti a série "Tudo Novo de Novo", na Globo.
Confesso que não tinha visto nada igual.
A proposta da série, um formato "mais real" das famílias brasileiras, sem aqueles chavões das novelas, onde tudo é demasiado certinho e previsível.
Achei que os assuntos ali abordados são sérios, reais e estão tratando tudo com muita seriedade e detalhes bem interessantes.

Os atores escolhidos são ótimos! A muito tempo não via nada na tv que me chamasse atenção pelos temas abordados e a forma tão realista.

Soube, por sites de programação da tv aberta, que a Globo não pretende continuá-la, a justificativa seria que essa "nova família" não teria empolgado.

Pais separados, filhos com crises de adolescência, drogas, homossuexualismo, traição, idosos querendo refazer suas vidas...

Minha reação foi mais ou menos assim: Como a Globo coloca algo no ar sem cenas de sexo e violência??

Tudo Novo de Novo tem charme, diálogos complexos e completos. Não sei quanto de vida terá, mas irei assitir.

Claro, que, para quem coloca nos ar programas tão ruins, a exemplo de Zorra Total, fica difícil manter algo bom no ar. Mas não custa torcer para que continue!

18 de junho de 2009

RECORDO AINDA


Recordo ainda... e nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre, de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de Desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...

Estrada afora após segui... Mas, aí,
Embora idade e senso eu aparente
Não vos iludais o velho que aqui vai:

Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino... acreditai!...
Que envelheceu, um dia, de repente!...

[Mario Quintana]

17 de junho de 2009

16 de junho de 2009

O segredo do amor



Eu quisera poder compreender o segredo do amor por que é que ele é tão misterioso e avassalador?
De onde nasce o seu poderio?
De onde vem toda a sua ternura de tal modo que alguém dê sua vida sem que seja loucura?
Quem me dera que fosse ele mesmo a dizer sobre si e a falar dos momentos de luta contra os anjos do mal o que faz com a indiferença?
Onde vai quando encontra a descrença?
E o que sente diante dos fatos que ferem a vida?


São perguntas que tocam no fundo
E que mexem com meus sentimentos
Todas elas me pedem respostas
Me inquietam por dentro
Seu eu fugir elas vão ter comigo
Já não querem os meus pensamentos
São apelos de amor e sentido
Do mistério que habita em meu peito.

Mas o amor não se deixa tomar: seu mistério é maior
E não há quem invente um jeito de guarda-lo pra si
Ele é paciência e bondade
Nele existe total liberdade
Quem se deixou tomar por sua força
Conheceu a verdade.

Pois só ele responde às perguntas
E aos anseios que levo comigo
Bem conhece as minhas certezas
E o que eu mais preciso
Encontra-lo é não ter mais sossego
Retornar não será mais possível
Vou pedir pra poder contemplá-lo
Pois, sem ele, viver não consigo.

[Jorge Trevisol]


14 de junho de 2009

Últimos momentos...



Boas conversas,
Bons passeios,
Convivência a mil, pessoas legais, outras nem tanto!

Filmes de aventura, cômicos, suspense e ... animações!
Dias de dedicação, introspectivos, com ajuda do frio!

Dias de boas notícias, de notícias repetidas, de notícias chocantes!
Dias de trabalho, pouco e muito tempo. Dias de descanso e descaso!

Momentos de rabugice, de felicidade e sorriso solto.
Vinho e peixe com a família. Sopas, churrasquinhos com cerveja bock com amigos!

Momentos normais! Outros nem tanto. Alguns sem nexo, mas complexos!
Ah! O que aconteceu nos últimos dias? Tudo e nada, de especial!

Beijocas a todos.

12 de junho de 2009

AME!





O Dia dos Namorados é comemorado no mundo todo.
No Brasil, a festa ocorre no dia 12 de junho, véspera do Dia de Santo Antônio, santo português muito cultuado pelos católicos, que o consideram casamenteiro, protetor das causas perdidas e milagreiro.
Uma antiga tradição lusitana conta que uma moça bonita e solitária queria muito se casar e estava à procura de um namorado. Muito ansiosa, pediu ajuda a santo Antônio.

O tempo foi passando e ela continuava só. Um dia, ao olhar-se ao espelho, reparou que estava envelhecendo e o santo parecia não escutar suas orações. Num gesto impulsivo, de raiva e desilusão, pegou a estátua de madeira de santo Antônio e jogou-a pela janela. A estátua caiu na cabeça de um rapaz que passava pela rua, que desmaiou. A moça, ao ouvir os gritos dos vizinhos, foi ver o que tinha acontecido e socorreu o rapaz. Este, ao abrir os olhos e vê-la, apaixonou-se perdidamente.

A explicação real para a escolha desse dia e do santo não é nem um pouco romântica.

Começou quando a loja Clipper, em São Paulo, contratou em 1940, uma agência de propaganda em que era publicitário João Dória. A loja precisava melhorar as vendas de junho, mês considerado fraco para o comércio. Depois das vendas para a festa do Dia das Mães, o comércio quase sucumbia até agosto, quando os pais são lembrados.

João Dória elaborou uma campanha para o dia 12 de junho, inspirada no Valentine's Day - um sucesso no comércio americano - e para o dia 13 de junho, Dia de Santo Antônio, popularmente consagrado como padroeiro dos namorados, com o slogan "Não é só de beijos que se prova o amor", instituindo o Dia dos Namorados. Tornou-se um evento de sucesso e já faz parte do calendário das tradições brasileiras.


[Informações: Paulinas On Line]


Aproveite a data e AME! Compartilhe sentimentos verdadeiros com quem está com você!


9 de junho de 2009

Emoções...

"Sou construída por emoções secretas.
Podem até comentar sobre mim, mas
me capturar, só com minha permissão."
[Martha Medeiros]

8 de junho de 2009

Um dia eu aprendo...

que a única pessoa com quem podemos sempre contar somos nós mesmos.

7 de junho de 2009

Surpresa e liberdade

As pessoas ainda me surpreendem...
Ou eu não percebo exatamente as coisas ao meu redor?
De todo jeito, a surpresa é ótima!
O simples fato de surpreender já é delicioso...
A sensação de alegria e entusiasmo quando somos surpreendidos positivamente é algo indiscritível!
Quase liberdade pura, sem cinto de segurança!
Algumas vezes, sem saber o que pensar, sair do túnel, como caminhar, sabe?
Tuas palavras iluminadas me fizeram ver!

HOJE, dia da Liberdade de Imprensa.

No dia 7 de junho comemora-se a liberdade de imprensa no Brasil (embora mundialmente essa data seja comemorada no dia 3 de maio, conforme deliberação da ONU), em virtude da censura à imprensa escrita e falada, ocorrida durante o Estado Novo, depois acrescida à televisão, durante o período em que as Forças Armadas assumiram o poder, cujo início deu-se em 31 de março de 1964. A informação dos brasileiros era uma questão de "segurança" do Estado, ou seja, tudo o que era escrito ou falado passava pela censura do governo. Muitos brasileiros, no entanto lutaram pela liberdade de imprensa e, em conseqüência disso, foram presos, torturados e até mortos na luta por uma nação livre e soberana.

Durante o regime militar, apareceram no Brasil cerca de 150 periódicos regionais e nacionais de oposição ao governo. Cada um deles denunciava as torturas, as violações dos direitos humanos, a falta de liberdade, o arrocho salarial e a degradação das condições de vida dos trabalhadores.

VIVA A LIBERDADE, acima de tudo!

5 de junho de 2009

A-mar

"Amar se aprende amando
O mundo é grande e cabe...
na janela que dá para o mar.
O mar é grande e cabe...
na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe...
no breve espaço de beijar."

[Drummond]


4 de junho de 2009

Hoje

Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão ou Dia Internacional contra a Agressão Infantil, ou Dia Internacional das Crianças Vítimas Inocentes da Violência e da Agressão, como é denominado pela ONU, que o criou em 1982, não como data para se comemorar, mas para se refletir.

A violência contra a criança é um assunto que desperta o interesse da sociedade que busca entender as razões de tal abuso. Há muitos tabus, falsas crenças e mitos sobre esse tema, como achar que a violência contra a criança atinge apenas as classes pouco favorecidas socioeconomicamente ou que se trata de um assunto novo. A história, contudo, prova o contrário.


No Brasil, as crianças eram assunto para os órgãos de segurança pública até 1935. Depois, elas passaram a ser assistidas pela Justiça até 1967; somente a partir dessa data tornaram-se objeto das instituições de promoção social.
A idéia de que essa temática é apenas de cunho privado e que deve ficar entre as quatro paredes do lar é um erro da nossa cultura paternalista. Geralmente, a tendência da família é acobertar os familiares envolvidos na agressão ou não denunciar tais pessoas aos órgãos competentes, com o pretexto de não se envolver em escândalo perante a sociedade.


O tema "violência de pais contra filhos" foi estudado durante anos. Chegou-se a conclusão de que todos os envolvidos, agressores e vítimas, são prisioneiros de uma teia em que a violência doméstica está mesclada à violência mais ampla, gerada no âmbito social. Os agressores de hoje, geralmente, foram vítimas no passado.

A ONU divulgou, em 1959, a Declaração dos Direitos da Criança, a qual tem sido referendada por muitos países, neles incluído o Brasil. Nela constam dez princípios que podem ser assim resumidos:

1. A criança deve ser protegida, para se desenvolver num lugar onde tenha liberdade e respeito.
2. A criança tem o direito de ter um nome e de pertencer a um país.
3. A criança tem direito a boa alimentação, moradia, diversão e assistência médica.
4. A criança com problemas físicos, mentais ou sociais deve receber cuidados especiais.
5. A criança precisa de amor e compreensão. Por isso, deve ficar com os pais ou num lugar em que receba carinho e segurança. A sociedade ou a autoridade pública tem o dever de ajudar a criança sem família e as famílias pobres.
6. A criança tem direito de receber educação, que deverá ser gratuita e obrigatória. Na escola, as oportunidades devem ser iguais para todas. A criança deve ter todas as oportunidades de brincar, divertir-se e ser importante para a sociedade.
7. A criança deve ser a primeira a receber socorros.
8. A criança deve ser protegida contra o abandono, a crueldade e a exploração. Não se deve em caso algum permitir que ela tenha ocupação que prejudique sua saúde ou seu desenvolvimento físico, mental ou moral.
9. Nenhuma criança pode ser discriminada por sua raça, cor, religião, sexo, língua, opinião, política ou de outra natureza etc.
10. A criança deve ser educada em ambiente de compreensão, amizade, paz e fraternidade universal, para que ofereça sua energia e seu talento a serviço de seus semelhantes.

O sonho é que esses direitos fossem respeitados e cumpridos pelos pais, responsáveis, autoridades públicas, enfim, por todos os responsáveis pela formação da criança, a violência e as agressões não existiriam...

[fonte das informações: Paulinas On Line]

2 de junho de 2009

Nenhuma borracha consegue

A palavra é uma forma preciosa de nos comunicarmos...
Ela alcança o coração!
Faz movimentar o mundo, enche tudo, completa a vida.
A palavra docemente dita pode ser esquecida, a palavra maldita não... Guardamos como mágoa...
Por que será que as palavras que nos causam decepção são guardadas num lugar especial e as que nos alegram são facilmente esquecidas?
Por que as pessoas não acreditam no que elas mesmas dizem?
Sim, isso mesmo que leu, não acreditam, pois se acreditassem o mundo não estaria assim...
Por que as palavras podem causar tanta decepção, mesmo vindo da mesma pessoa que pronunciou palavras de amor?
Atente-se ao que pronuncia, o tempo até apaga imagens, desfaz sabores mas não apaga palavras.
Dificil uma borracha que o faça.
Aliás, o tempo insiste em esconder a borracha, faz sobreviver o que é dito, quase sempre o que nos machucou...

1 de junho de 2009

Ainda não me acostumei

Sabe as coisas mais modernas que a tecnologia proporciona? Isso eu acho genial, sou fã dos modens sem fio, que permite conectar de qualquer canto desse mundo, amo o bluetooth, genial os cartões de memória, ihhh, sem falar da alegria quando ganhei minha primeira pen drive!

Mas quando a "modernidade" vem em relação as opções sexuais das pessoas, juro que não me acostumei...

Calma! Não tenho preconceito algum com diferentes preferências sexuais, o que quero dizer é essa "moda" agora que as pessoas tem que experimentar outras formas de relações, não é raro encontrar alguém que diga que topa tudo, que é bi, tri, tetra e até pentassexual!

Escrevo aqui como "moda" no sentido das pessoas que experimentam por experimentar, para ver qual é, não estou falando sobre quem sabe qual é a sua preferência sexual.
Por favor, eu ri disso quando ouvi, depois descobri que existe... Aí já viu né, vou demorar mais pra me acostumar!

Alexandre Frota e Preta Gil são os pentassexuais mais famosos que eu tenho notícia!

Claro que, não quero estabelecer comparação com as tecnologias da informática e a vida sexual das pessoas, mas apenas dizer que sou super aberta as novidades, mas sobre a "moda" de experimentar de tudo, na vida sexual, confesso que não é tão fácil eu me acostumar...

Boa semana!