29 de fevereiro de 2008

Livros...

Um livro sempre combina com muitas coisas... Café (pela manhã), chimarrão, chazinho no meio da tarde... Combina com edredon, sombra e água fresca, com rede, cama, colchonete!
Livros combinam com vinho, com solidão, com friozinho, chuva e sol, com fim de tarde e madrugada...
Acho os livros fascinantes, podem causar as mais diversas sensações em uma pessoa e sensação nenhuma!
Faz chorar, sentir raiva (muitas vezes de você mesmo, por se ter deixado enganar por uma capa bonita ou resenha elogiosa, e ter comprado o maldito livro ruim).
Um livro pode, inclusive, mudar a vida de uma pessoa!
Livros podem fazer com que uma pessoa aprenda mais sobre si mesma e encontre finalmente o seu caminho. Ou pode, e muitas vezes é bom que isso aconteça, fazer com que uma pessoa perca completamente seu rumo e repense toda a sua vida até ali.
Resolvi hoje colocar alguns livros como dicas de leitura, para quem desejar...

Em seu livro Bauman faz um inventário dos medos presentes. Ao apresentar um diagnóstico ele mapeia as origens comuns das ansiedades contemporâneas, analisa os obstáculos que impedem o pleno entendimento da situação e examina os mecanismos que possam deter a influência do medo sobre as nossas vidas. Em mais um estudo sobre a vida contemporânea, Bauman divide com o leitor suas análises sobre o tema na modernidade líquida.
Autor: BAUMAN, ZYGMUNT Tradutor: MEDEIROS, CARLOS ALBERTO
Editora: JORGE ZAHAR
Assunto: CIENCIAS SOCIAIS-SOCIOLOGIA







Os contos neste livro tratam dos mais diversos tipos de encontros e despedidas, do distanciamento e da passagem do tempo - uma criança passa um fim de semana na casa do pai separado; um homem doente escreve ao amigo pela última vez; sobreviventes de dois naufrágios diferentes se encontram acidentalmente numa ilha deserta; uma visita inesperada de um preso político ao seu algoz; e um relato, cheio de compaixão, de um homem preso por matar quem amava.
Autor: BENEDETTI, MARIO Tradutor: GOLDONI, RUBIA PRATES
Editora: ALFAGUARA BRASIL
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA-CONTOS E CRONICA




Em seu livro mais fascinante, o antropólogo cultural Jack Weatherfor retrata a trajetória de nossa relação com o dinheiro desde a época em que o homem primitivo trocava conchas à chegada dos amplamente usados cartões eletrônicos. O livro explora como o dinheiro e as intocáveis formas de troca afetaram a humanidade. Todos os aspectos de nossas vidas - econômico, político e pessoal - são influenciados pelo dinheiro.

Título: História do Dinheiro
Autor: Weatherford, Jack
Editora: Campus






"As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu" conta a história de Eddie, o mecânico de um parque de diversões que morre no dia de seu aniversário de 83 anos, tentando salvar uma garotinha. Imerso numa rotina de trabalho e solidão, ele passou a vida se considerando um fracassado. Ao acordar no céu, encontra cinco personagens inesperados que lhe mostram como ele foi importante. Este livro para cada um de nós, pois freqüentemente nos sentimos frustrado e inúteis - assim como Eddie - por não termos realizado nossos sonhos. Ele nos faz lembrar que vivemos numa ampla teia de ligações e que temos o poder de mudar o destino dos outros com um pequeno gesto. Mitch Albom nos dá mais uma vez uma grande lição sobre a importância da lealdade e do amor em nossas vidas.
Título: As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu
Autor: Albom, Mitch
Editora: Sextante


Boa leitura!


28 de fevereiro de 2008

Algo esta cambiando

Me hablas, preguntas
sí nos podemos ver después
razones me sobran
pero aunque quiera no lo se

siempre hay algo más
que simple vista no se ve
será que hay algo más
que simple vista no

Te asusta, la idea
de lo que puede suceder
decirte quisiera
algo que te haga sentir bien

pero es que hay algo más
que a simple vista no se ve
será que hay algo más
que a simple vista no se ve

pero siento que hay en mi algo que esta cambiando
no se ve
pero siento que hay en mi algo que esta cambiando

No pienses, que olvido
lo que me a hatado tu querer
lo llevo conmigo
asi me puedo sentir bien

pero es que hay algo más
que simple vista no se ve
será que hay algo más
que simple vista no se ve

pero siento que hay en mi algo que esta cambiando
no se ve
pero siento que hay en mi algo que esta cambiando

que más quisiera yo
que se felicidad darte amor amor
que más quisiera yo
vivir felicidad darte amor amor


[Julieta Venegas]


27 de fevereiro de 2008

Múmias de 2 freiras são encontradas no mosteiro da Luz

Ontem todos os telejornais anunciaram este feito.
As múmias foram encontradas lado a lado, "uma com a cabeça sobre o ombro da outra", conta a diretora do museu, Mari Marino. Segundo a diretora, uma tem a pele conservada, os sapatos calçados e um terço nas mãos, cruzadas "em posição de amém". Da segunda, menos conservada, foi encontrada a ossada, corroída pelos cupins.
O salão onde estão as múmias abrigava um cemitério onde eram sepultadas as irmãs concepcionistas. Ele fica ao lado da antiga sacristia do mosteiro, erguido em 1774 pelo frei Galvão -primeiro santo brasileiro, canonizado em 2007.
Conversando com um amigo e minha mãe sobre isso, as reflexões que surgiram foram estas:
- Quem procura uma coisa acha outra...
- Por que tinham duas freiras juntas na mesma sepultura?
- Por que elas morreram depois de dizer "amém!"?
- Que argila maravilhosa é essa que conservou-as até hoje?? Alguém precisa patentear e vender na AVON!!

Receita para um amigo... [Espero que ele compreenda]

Enroladinho
1 tablete de preguiça biológica
4 colheres de oportunidade desperdiçada
5 colheres de manteiga em temperatura ambiente (nem fria nem morna) e sem sal...
3 xícaras de farinha de esperança solta no ar, peneirada!
Recheio a gosto!
Pincele com gema de ovo


Modo de preparo:
Em uma tigela, de material antiaderente, misture os ingredientes secos, sove a massa, abra e corte em tiras largas.
Recheie como preferir...
Pincele e asse em forno médio por 30 minutos



26 de fevereiro de 2008

O que você quer...

Onde quer que eu vá, levo comigo uma certa nostalgia daquilo que não se pode compreender.
Já quis ser muitas coisas...
Poeta
Atriz
Escritora de ficção
Policial
Chef de cozinha
Mãe de 6 filhos
Professora
Médica
Advogada

Me livrei de todas as opções acima.
Mas de todas as opções, sempre sonhei e fiz para que nunca estivesse sozinha, sem amigos, sem ter vivido emoções fortes, sem ter passado pela vida e ficado com marcas no corpo e na memória!
Isso eu consegui, já não caminho mais sozinha, levo comigo cada recordação, cada vivência, cada lição.
Esse sabor é indiscritível...



25 de fevereiro de 2008

Reflexões de segunda...


Uma das mais belas qualidades humanas é a lealdade.

As razões que levam à deslealdade são sempre baseadas no egoísmo.
O egoísta não se preocupa com o bem-estar do outro.

Como é difícil lidar com uma pessoa egoísta, ela é agressiva, sufocante e deliberadamente chata!
Não sabe se doar, não consegue dividir nem o tempo.

Segundo os textos judaicos: "É egoísmo pensar somente em nós próprios como centro do mundo e construir um mundo fechado que nos isola das oportunidades que a vida pode oferecer."

Conheço e convivo com egoístas. Há pouco tempo dei-me conta do quanto é nocivo estar exposta à estas convivências. Tenho conseguido me resguardar, não ceder, a este impulso que é desejar tudo e todos pra si e assim me ferir e ferir os demais.
E nesse mundo de hoje, onde o que vale é o que se tem e não o que se é fica cada vez mais difícil ser autêntico e não ser egoísta!!
Boa semana.

24 de fevereiro de 2008

Amigos

Poema do amigo aprendiz
Quero ser o teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Sem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...

(Fernando Pessoa)

Talvez sob efeito da série "Queridos Amigos", tenho resgatado amigos e amigas que ao longo de minha pequena e muitas vezes fútil vida fui deixando pra trás. É um ótimo exercício, a gente se reconhece e se conhece mais. Somos uns idiotas sem ter com quem compartilhar a vida, com suas graças de desgraças!
Bom domingo, vou indo, visitar uma amiga...


23 de fevereiro de 2008

É Preciso Agir

Quebra o gelo da indiferença, e perceberás que as águas que irão verter aplacarão tuas sedes mais secretas.

Dsperta ainda hoje, e perceberás que o brilho do sol é mais seguro do que a escuridão dos olhos fechados.

Bertolt Brecht

22 de fevereiro de 2008

Verdades

Somos para Deus como crianças que ainda não se deram conta da grandiosidade do mundo e das verdades da vida.

Ainda quero aprender a dizer as verdades com calma, mansidão e sem sofrer.

Tenho muito forte em mim a preocupação de que os outros tem que estar bem, eu não importa, mas aprendi que os outros primeiro do que eu...

Às vezes isso interfere quando preciso dizer a verdade, pois geralmente elas machucam.

Mas sei que vou superar isso.

A paz que eu procuro está na verdade.

21 de fevereiro de 2008

Receita de Maria Empanada

Ingredientes:
2 xícaras de pouco incentivo
3 colheres de sopa de mal humor
6 pingos de essência de medo de sombra
1 xícara de cobranças diárias
5 bifes de Maria, carne nova de preferência

Modo de preparo:
Pegue os bifes de Maria, bata para amassear (pode ser que tenha nervuras da breve vida)
Coloque-os em uma tigela (de cristal) com as colheres de mal humor, os pingos de medo de sombra e as xícaras de pouco incentivo, deixe descansar... Logo salpique as cobranças diárias e passe na farinha de bronca!
Após é só fritar...
Ah! Em óleo bemmm quente. Sirva para muitas pessoas com arroz selvagem!


20 de fevereiro de 2008

Fio de vida

Já fiz mais do que podia
Nem sei como foi que fiz.
Muita vez nem quis a vida a vida foi quem me quis.

Para me ter como servo?
Para acender um tição na frágua da indiferença?
Para abrir um coração

no fosso da inteligência?
Não sei, nunca vou saber.
Sei que de tanto me ter, acabei amando a vida.

Vida que anda por um fio,
diz quem sabe. Pode andar,
contanto (vida é milagre) que bem cumprido o meu fio.

Thiago de Mello


Hoje tem eclipse da lua
[fonte: Terra]

O primeiro eclipse lunar do ano poderá ser visto entre a noite desta quarta-feira e a madrugada desta quinta em todo o Brasil, dependendo das condições meteorológicas. A Lua começará a entrar na sombra da Terra (umbra) às 22h43 da quarta (horário de Brasília). O auge do eclipse acontece entre 0h01 e 0h51. Às 2h09 a Lua sairá da umbra.
No dia 16 de agosto haverá outro eclipse lunar visível, mas o fenômeno será apenas parcial. Dos quatro eclipses que ocorrerão em 2009, nenhum será favorável: três serão apenas penumbrais e não poderá ser observado visualmente. O quarto, apenas parcial, será invisível no Brasil. Apenas em abril de 2015 as condições serão novamente ideais.


19 de fevereiro de 2008

Previsões

Do que realmente somos capazes?

Um dos professores de Albert Einstein o descreveu como: "Mentalmente lento, insociável e eternamente mergulhado em seus sonhos imbecis."
Beethoven segurava o violino desajeitadamente, e preferia tocar suas próprias composições, ao invés de aperfeiçoar sua técnica.
Seu professor julgava-o um compositor sem futuro.
Como você lida com os obstáculos que o mundo apresenta em sua caminhada?
Como você recebe as oposições das pessoas?

Eu, ultimamente, com pouca paciência... Tô planejando me soltar de tudo que me prende, me oprime, me reduz, me sabota...



18 de fevereiro de 2008

Lula no país das maravilhas

Ontem olhei aquela série do "Domingo Espetacular" - Vivendo das Sobras.
A tristeza que senti não tem tamanho!
A Record tem mostrado em diversas capitais as pessoas que vão até as CEASAS e juntam no chão frutas e legumes que são descartados. Maioria mulheres que precisam alimentar os filhos, na maioria dos casos um balde com frutas e alguns legumes são a única refeição de uma família com 10 pessoas.
Enquanto isso, o Lula diz que está tudo bem, que o país está crescendo, que tudo vai às mil maravilhas...
Isso dá uma revolta tão grande! Está tudo bem pra quem? O país cresce às custas de quem?
São essas perguntas que precisamos nos fazer.
Enquanto tiver milhares de pessoas vivendo de restos não está tudo bem pôxa!!!!!

Outra reportagem que gostaria de comentar é do "Fantástico" no quadro "Profissão Repórter": Em Alagoas, os estudantes se espremem em caminhões adaptados. Em São Paulo, crianças se arriscam no trânsito porque falta transporte escolar. No Sul de Minas, ônibus sem conforto e segurança.
Revoltante! Com tanto dinheiro desviado, com tanta corrupção no país... O Brasil não oferece nem condições para que crianças cheguem nas escolas, sendo que estas muitas vezes estão mais quebradas que o transporte!

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM791215-7823-CRIANCAS+ENFRENTAM+DIFICULDADES+PARA+CHEGAR+A+ESCOLA,00.html

Bom, com essas duas indignações eu começo a minha semana.
Espero que essas realidades mudem, sei que nada é de uma hora para outra, mas temos que começar a nos envolver com essas situações, contribuir da forma que cada um pode.
A mais relevante delas é acompanhar as pessoas para quem demos nosso voto nas eleições, e votar consciente. Não basta só cumprir um papel de eleitor responsável que não falta as votações é preciso acompanhar e cobrar a pessoa que está lá, independente se você votou nela ou não. Os deputados, senadores, etc... são um conjunto, embora de partidos e interesses diferentes. Não adianta achar que por que o seu não é corrupto que está bom, é preciso cobrar, acompanhar e contribuir no todo!

Boa semana!

17 de fevereiro de 2008

Ânimo

Ontem visitei uma amiga. Ela passou por uma grande dificuldade, sofreu muito... Física e principalmente psicologicamente.
Me sinto feliz por que na hora H somente eu e Ale (meu amado) estávamos lá, para apoiá-la, em todos os sentidos.
Ela, hoje, está bem melhor, vale a pena vê-la conversando com alegria. Puxa! Dá um ânimo ver que a pessoa superou um problema difícil, ver que está pensando pra frente, sonhando...
Com a situação dela aprendi que cada um de nós é colocado no lugar apropriado para melhor servir. Entendi meu lugar, e isso hoje em dia é muito raro. Saber que sua presença fez diferença efetivamente.
Isso me dá ânimo para continuar meus planos para este ano e os próximos...
Com a alegria de ver minha amiga bem, a semana vai ser melhor... Era a frutinha que faltava pra completar!
Saboreie!! Viva a vida!!
Bom domingo pra todos!

Ontem também mudou o horário, confesso que gosto mais do horário de verão. MAs sinto-me mais descansada nesse... Paciência, lá vamos nós adaptarmos novamente!!

16 de fevereiro de 2008

Gente

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza!

(Almas Perfunadas - Ana Jácomo)

15 de fevereiro de 2008

Aniversário

Hoje é aniversário do meu irmão, está completando 10 anos.
Não conheço outra criança que fique tão feliz no dia do aniversário...

Paulinho é muito engraçado, gosta de inventar brincadeiras, rir e fazer os outros rirem!
Desde a sua gestação e a infância, tudo foi muito intenso... Como passar um dia com o Paulinho é muito divertido e intenso.
Todos os anos sempre tem algo para comemorar, até por que um mês antes ele já começa a nos lembrar que o aniversário é em fevereiro, dia 15.
Lembro de muitos momentos alegres, nos poucos 10 anos do meu irmão. Desejo tudo de bom a ele, quero que cresça feliz e saudável. Torço para que possa ter uma longa e próspera vida pela frente.





Um super beijo...



Para meu irmão e para todas as pessoas que fazem aniversário em fevereiro.



Celebra a alegria de fazer anos de esperança.
Conta teus anos não pelo tempo mas pelo espaço que fazes em teu coração.
Não pela amargura de uma dor mas pela ressurreição que ela traz.
Não pelo número de troféus de tuas conquistas mas pelo gosto de aventura de tuas buscas.
Não pelas vezes que chegaste mas pelas vezes que tiveste coragem de partir.
Não pelos frutos que colheste mas pelo terreno que preparaste e as sementes que lançaste.
Não pela quantidade dos que te amam mas pela medida de teu coração, capaz de amar a todos. Não pelas desilusões que tiveste mas pela esperança que infundiste.
Não pelos anos que fazes mas por aquilo que fazes em teus anos.
Não pelas vezes que celebraste aniversário mas pelas vezes que teu aniversário se tornou uma celebração de vida.




14 de fevereiro de 2008

Dia Internacional do Amor

O Dia Internacional do Amor é comemorado em todos os países, exceto no Brasil, onde se festeja, no dia 12 de junho, o Dia dos Namorados.
Há várias versões sobre o surgimento dessa comemoração, que nos reportam às festas romanas pagãs e às manifestações de fé dos cristãos. Na versão mais conhecida, a comemoração teria se originado nas lupercálias, festas pagãs celebradas, na antiga Roma, que se iniciavam no dia 14 de fevereiro, dedicadas a Luperco ou Pã (deus protetor dos rebanhos e dos pastores) e a Juno (deusa do amor). Na Idade Média, dizia-se que esse era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam essa ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta da amada.

No século III, também em Roma, o padre Valentim celebrava matrimônios, contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido casamentos durante as guerras, por acreditar que os solteiros eram melhores combatentes. A punição foi inevitável: padre Valentim ficou preso na casa do prefeito de Roma, que era pagão, assim como sua família. Esse prefeito tinha uma filha cega, que foi curada pelo padre; desse modo, ele conseguiu converter toda a família.

Quando o imperador soube do ocorrido, condenou Valentim à morte, pois este se recusara a renunciar a Cristo. O padre foi decapitado no dia 14 de fevereiro de 286. Surgiram, então, algumas lendas sobre Valentim, fazendo de sua vida religiosa uma história romântica. Uma delas diz que ele teria se apaixonado pela jovem cega e escrito uma carta endereçada a ela, antes de morrer. Existe outro Valentim, que também morreu em Roma, no mesmo período. Foi o primeiro bispo de Terni, famoso pelo dom da cura e do conselho.

Os casais brigados, depois de se aconselharem com ele, costumavam voltar para oficializar a união. O bondoso bispo, já idoso, foi preso por defender alguns cristãos. Morreu pela fé em Cristo, em 14 de fevereiro de 273. A Igreja católica declarou santos os dois mártires, que os fiéis devotos cultuam como os padroeiros do amor. No século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim para presentear a pessoa amada ou se reconciliar com ela.

A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, com o nome de Valentine´s Day. Na China, o sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar chinês é o Qi iao Jie, "A noite dos sete", que é equivalente ao Dia do Amor. No Japão, o amor é comemorado em dois dias. O primeiro é 14 de fevereiro, quando as mulheres dão presentes e chocolates para amigos, namorados e parentes.

O segundo é 14 de março, quando os homens retribuem a elas os presentes recebidos. No dia 7 de julho, há também outra festa - o Tanabata -, que celebra o encontro de duas estrelas, que simbolizam o encontro dos apaixonados. [Fonte: Paulinas Online]
Existem muitas datas para celebrar o amor... Pena que muitas vezes nós não o vivemos com a intesidade e a sinceridade que o amor merece.
A palavra amor é dita por muitos como se não houvesse significado algum! Eu procuro dizer "Eu te amo" para quem eu realmente amo! E é tão bom...
E ouvir então? Nossa! Como é bom não acham?

13 de fevereiro de 2008

Chuva

Cheiro de terra molhada...
Mas o sol já ressurgiu.
Era chuva de verão!

Mas amor consola, como o sol após a chuva...

Tudo é fugaz e momentâneo.






12 de fevereiro de 2008

Doces lembranças

Por esses dias fiquei pensando sobre as emoções que a gente sente na vida.
Também precebi que algumas a gente vai esquecendo, "deixando de lado"!
Algumas eu recordei com muita excitação e alegria! Outras emoções não lembro direito como as senti...
Vocês lembram de emoções que a tempos não sentem... Ou que estão quase no baú!!
Algumas delas:
A emoção do primeiro beijo...
A tão desejada primeira viajem...
O primeiro peixe pescado com as próprias mãos...
O reencontro com alguém muito amado...
A "primeira vez"...
O retorno a terra natal...
O primeiro buquê de flores recebido...
A primeira festa surpresa de aniversário...
O primeiro salário...


E por aí vai, muitas emoções, lembranças, algumas ficam registradas na retina e no coração! Com o passar dos anos a gente vai banalizando essas e outras tantas boas emoções, dá mais ênfase as não tão boas...
No balanço final dessa curta existência, o que vai verdadeiramente valer a pena será o que de bom e emocionante tivermos vivido!

Desejo à você colheradas de boas e doces emoções...




11 de fevereiro de 2008

Bom humor

Minha mãe ao saber que escrevo em um blog chamado Sem Gorduras Trans ficou feliz da vida que estou me dedicando a alimentação saudável num blog de receitas!!!!!!!!



Boa semana.


9 de fevereiro de 2008

Marca registrada


Chances nos são dadas constantemente.
Convites nos são feitos a toda hora.
Gestos de amor nos emocionam...
Precisamos descobrir que as dificuldades continuarão a existir por algum tempo, ainda, mas que podemos encará-las de uma maneira diferente, como se fossem mãos invisíveis que visam nos colocar num caminho seguro.

E que em nossas ações possamos ser referencial de virtudes.
Que cada um de nós possa ter uma marca registrada!
Que a nossa marca seja o bem, a alegria, a esperança, a coragem, a determinação...

"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar". [Eduardo Galeano]

8 de fevereiro de 2008

Hoje

Aproveite este dia!
Ame com todas as forças do seu coração, sem restrições, sem ver defeitos ou tristezas.

Basta que não amasse nem rabisque de forma inconseqüente essa página em branco, chamada hoje.


7 de fevereiro de 2008

Momentos

A vida é feita de momentos, de opções.
Há momentos na nossa vida que não aproveita, e passamos na inutilidade ou se comprometendo com os erros, que produzem aflições para nós mesmos.
A vida oferece, a cada instante, inúmeros momentos para que possamos tomar decisões.
E cada decisão tomada, definirá seu próximo momento...
Que seja este, portanto, o momento de decisão feliz...

Ah! Raciocinar é uma arte!!


6 de fevereiro de 2008

Vontade

A vontade move mundos, está nela a nossa força.
Nada cai do céu para as pessoas que não compreendem o sentido da determinação, que não sabem que tudo começa a partir da própria decisão em querer...


5 de fevereiro de 2008

Mudanças...

Com o tempo, os conceitos mudam...
Os sonhos mudam
Nossos planos mudam...
A vida muda...
Mas não se mudam princípios e valores...
Mudei e continuo igual...
Assim é o ser humano: tão coerente em suas contradições!!

Esse feriadão foi e está sendo muito importante... Grandes mudanças!

Por isso adoro a vida, ela nos proporciona cada recomeçar...ai ai
Uma das formas mais infalíveis de mudança é a reflexão.





2 de fevereiro de 2008

Introspectiva e confissão

Já expulsei pessoas que amava da minha vida.
Passei noites chorando até pegar no sono.
Fiquei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou.
Menti e me arrependi depois.
Senti muita falta de alguém.
Acreditei em pessoas que não valiam a pena.
Tive crise de riso quando não podia.
Não sei viver de mentiras.
Calei quando deveria gritar.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade.
Não sei amar pela metade.
Quebrei pratos, copos e vasos, de raiva!
Já liguei para quem não queria apenas para ligar para quem realmente queria.
Falei o que não pensava para magoar outros.
Chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Gosto dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre!

Bom final de semana pra todos! Eu aproveitarei o feriadão pra escrever, ler, me confessar...

1 de fevereiro de 2008

Beleza...

Estamos nos dias da beleza, da exposição da beleza, nas suas mais variadas formas.
A beleza dos corpos, das penas, dos coloridos!
Gosto do carnaval por causa das cores, da criatividade humana em fazer alegorias e fantasias para divertir-se.
No carnaval as pessoas vestem-se com aquilo que não conseguiriam, mesmo que quisessem, no dia a dia. Quando eu era criança queria ficar vários e vários dias com aquela saia toda colorida e com a blusinha toda brodada de lantejoulas que minha mãe sempre confeccionava! Acho que muitos adultos têm vontade de vestir-se com as roupas e as cores do carnaval todos os dias...
Para muitos, esses dias de carnaval são um pedacinho de céu cheio de poesia e beleza.
E quando falamos em beleza precisamos lembrar do espelho. Ele é um objeto "em alta" nesta época. Faz com que as pessoas certifiquem-se que ficou bom, que a maquiagem é esta!
Já fizeram o exercício de ficar sem espelho? Eu já fiz isso, principalmente quando vou acampar ou em alguma pescaria. É interessante, nos primeiros momentos faz uma falta danada... Depois a gente se adapta, escova o cabelo sem perceber que o espelho não está ali. Em casa a gente acostuma até escovar os dentes se olhando...

O grande barato de ficar sem espelho é que a gente olha mais pros outros. Paramos por algum momento de olhar apenas para nós mesmos e olhamos mais para as outras coisas e pessoas. Quando se está no meio do mato sem espelho, ninguém se importa. Ficar sem batom, sem o penteado perfeito não faz diferença alguma. Olhamos para o outro sem se preocupar se "estou bem?"

Calma, não estou propondo que fiquemos sem espelho, sem o batonzinho!!! Apenas com isso sugiro que façamos mais o exercício de olhar em volta, de olhar no olho, de brincar o carnaval preocupado com a festa em si, com a companhia dos amigos e não tanto com o espelho!

E isso é um exercício diário, não somente no carnaval, mas em todos os dias do ano, quem sabe prolongamos a beleza da vida e da alegria!




29 de fevereiro de 2008

Livros...

Um livro sempre combina com muitas coisas... Café (pela manhã), chimarrão, chazinho no meio da tarde... Combina com edredon, sombra e água fresca, com rede, cama, colchonete!
Livros combinam com vinho, com solidão, com friozinho, chuva e sol, com fim de tarde e madrugada...
Acho os livros fascinantes, podem causar as mais diversas sensações em uma pessoa e sensação nenhuma!
Faz chorar, sentir raiva (muitas vezes de você mesmo, por se ter deixado enganar por uma capa bonita ou resenha elogiosa, e ter comprado o maldito livro ruim).
Um livro pode, inclusive, mudar a vida de uma pessoa!
Livros podem fazer com que uma pessoa aprenda mais sobre si mesma e encontre finalmente o seu caminho. Ou pode, e muitas vezes é bom que isso aconteça, fazer com que uma pessoa perca completamente seu rumo e repense toda a sua vida até ali.
Resolvi hoje colocar alguns livros como dicas de leitura, para quem desejar...

Em seu livro Bauman faz um inventário dos medos presentes. Ao apresentar um diagnóstico ele mapeia as origens comuns das ansiedades contemporâneas, analisa os obstáculos que impedem o pleno entendimento da situação e examina os mecanismos que possam deter a influência do medo sobre as nossas vidas. Em mais um estudo sobre a vida contemporânea, Bauman divide com o leitor suas análises sobre o tema na modernidade líquida.
Autor: BAUMAN, ZYGMUNT Tradutor: MEDEIROS, CARLOS ALBERTO
Editora: JORGE ZAHAR
Assunto: CIENCIAS SOCIAIS-SOCIOLOGIA







Os contos neste livro tratam dos mais diversos tipos de encontros e despedidas, do distanciamento e da passagem do tempo - uma criança passa um fim de semana na casa do pai separado; um homem doente escreve ao amigo pela última vez; sobreviventes de dois naufrágios diferentes se encontram acidentalmente numa ilha deserta; uma visita inesperada de um preso político ao seu algoz; e um relato, cheio de compaixão, de um homem preso por matar quem amava.
Autor: BENEDETTI, MARIO Tradutor: GOLDONI, RUBIA PRATES
Editora: ALFAGUARA BRASIL
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA-CONTOS E CRONICA




Em seu livro mais fascinante, o antropólogo cultural Jack Weatherfor retrata a trajetória de nossa relação com o dinheiro desde a época em que o homem primitivo trocava conchas à chegada dos amplamente usados cartões eletrônicos. O livro explora como o dinheiro e as intocáveis formas de troca afetaram a humanidade. Todos os aspectos de nossas vidas - econômico, político e pessoal - são influenciados pelo dinheiro.

Título: História do Dinheiro
Autor: Weatherford, Jack
Editora: Campus






"As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu" conta a história de Eddie, o mecânico de um parque de diversões que morre no dia de seu aniversário de 83 anos, tentando salvar uma garotinha. Imerso numa rotina de trabalho e solidão, ele passou a vida se considerando um fracassado. Ao acordar no céu, encontra cinco personagens inesperados que lhe mostram como ele foi importante. Este livro para cada um de nós, pois freqüentemente nos sentimos frustrado e inúteis - assim como Eddie - por não termos realizado nossos sonhos. Ele nos faz lembrar que vivemos numa ampla teia de ligações e que temos o poder de mudar o destino dos outros com um pequeno gesto. Mitch Albom nos dá mais uma vez uma grande lição sobre a importância da lealdade e do amor em nossas vidas.
Título: As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu
Autor: Albom, Mitch
Editora: Sextante


Boa leitura!


28 de fevereiro de 2008

Algo esta cambiando

Me hablas, preguntas
sí nos podemos ver después
razones me sobran
pero aunque quiera no lo se

siempre hay algo más
que simple vista no se ve
será que hay algo más
que simple vista no

Te asusta, la idea
de lo que puede suceder
decirte quisiera
algo que te haga sentir bien

pero es que hay algo más
que a simple vista no se ve
será que hay algo más
que a simple vista no se ve

pero siento que hay en mi algo que esta cambiando
no se ve
pero siento que hay en mi algo que esta cambiando

No pienses, que olvido
lo que me a hatado tu querer
lo llevo conmigo
asi me puedo sentir bien

pero es que hay algo más
que simple vista no se ve
será que hay algo más
que simple vista no se ve

pero siento que hay en mi algo que esta cambiando
no se ve
pero siento que hay en mi algo que esta cambiando

que más quisiera yo
que se felicidad darte amor amor
que más quisiera yo
vivir felicidad darte amor amor


[Julieta Venegas]


27 de fevereiro de 2008

Múmias de 2 freiras são encontradas no mosteiro da Luz

Ontem todos os telejornais anunciaram este feito.
As múmias foram encontradas lado a lado, "uma com a cabeça sobre o ombro da outra", conta a diretora do museu, Mari Marino. Segundo a diretora, uma tem a pele conservada, os sapatos calçados e um terço nas mãos, cruzadas "em posição de amém". Da segunda, menos conservada, foi encontrada a ossada, corroída pelos cupins.
O salão onde estão as múmias abrigava um cemitério onde eram sepultadas as irmãs concepcionistas. Ele fica ao lado da antiga sacristia do mosteiro, erguido em 1774 pelo frei Galvão -primeiro santo brasileiro, canonizado em 2007.
Conversando com um amigo e minha mãe sobre isso, as reflexões que surgiram foram estas:
- Quem procura uma coisa acha outra...
- Por que tinham duas freiras juntas na mesma sepultura?
- Por que elas morreram depois de dizer "amém!"?
- Que argila maravilhosa é essa que conservou-as até hoje?? Alguém precisa patentear e vender na AVON!!

Receita para um amigo... [Espero que ele compreenda]

Enroladinho
1 tablete de preguiça biológica
4 colheres de oportunidade desperdiçada
5 colheres de manteiga em temperatura ambiente (nem fria nem morna) e sem sal...
3 xícaras de farinha de esperança solta no ar, peneirada!
Recheio a gosto!
Pincele com gema de ovo


Modo de preparo:
Em uma tigela, de material antiaderente, misture os ingredientes secos, sove a massa, abra e corte em tiras largas.
Recheie como preferir...
Pincele e asse em forno médio por 30 minutos



26 de fevereiro de 2008

O que você quer...

Onde quer que eu vá, levo comigo uma certa nostalgia daquilo que não se pode compreender.
Já quis ser muitas coisas...
Poeta
Atriz
Escritora de ficção
Policial
Chef de cozinha
Mãe de 6 filhos
Professora
Médica
Advogada

Me livrei de todas as opções acima.
Mas de todas as opções, sempre sonhei e fiz para que nunca estivesse sozinha, sem amigos, sem ter vivido emoções fortes, sem ter passado pela vida e ficado com marcas no corpo e na memória!
Isso eu consegui, já não caminho mais sozinha, levo comigo cada recordação, cada vivência, cada lição.
Esse sabor é indiscritível...



25 de fevereiro de 2008

Reflexões de segunda...


Uma das mais belas qualidades humanas é a lealdade.

As razões que levam à deslealdade são sempre baseadas no egoísmo.
O egoísta não se preocupa com o bem-estar do outro.

Como é difícil lidar com uma pessoa egoísta, ela é agressiva, sufocante e deliberadamente chata!
Não sabe se doar, não consegue dividir nem o tempo.

Segundo os textos judaicos: "É egoísmo pensar somente em nós próprios como centro do mundo e construir um mundo fechado que nos isola das oportunidades que a vida pode oferecer."

Conheço e convivo com egoístas. Há pouco tempo dei-me conta do quanto é nocivo estar exposta à estas convivências. Tenho conseguido me resguardar, não ceder, a este impulso que é desejar tudo e todos pra si e assim me ferir e ferir os demais.
E nesse mundo de hoje, onde o que vale é o que se tem e não o que se é fica cada vez mais difícil ser autêntico e não ser egoísta!!
Boa semana.

24 de fevereiro de 2008

Amigos

Poema do amigo aprendiz
Quero ser o teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Sem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...

(Fernando Pessoa)

Talvez sob efeito da série "Queridos Amigos", tenho resgatado amigos e amigas que ao longo de minha pequena e muitas vezes fútil vida fui deixando pra trás. É um ótimo exercício, a gente se reconhece e se conhece mais. Somos uns idiotas sem ter com quem compartilhar a vida, com suas graças de desgraças!
Bom domingo, vou indo, visitar uma amiga...


23 de fevereiro de 2008

É Preciso Agir

Quebra o gelo da indiferença, e perceberás que as águas que irão verter aplacarão tuas sedes mais secretas.

Dsperta ainda hoje, e perceberás que o brilho do sol é mais seguro do que a escuridão dos olhos fechados.

Bertolt Brecht

22 de fevereiro de 2008

Verdades

Somos para Deus como crianças que ainda não se deram conta da grandiosidade do mundo e das verdades da vida.

Ainda quero aprender a dizer as verdades com calma, mansidão e sem sofrer.

Tenho muito forte em mim a preocupação de que os outros tem que estar bem, eu não importa, mas aprendi que os outros primeiro do que eu...

Às vezes isso interfere quando preciso dizer a verdade, pois geralmente elas machucam.

Mas sei que vou superar isso.

A paz que eu procuro está na verdade.

21 de fevereiro de 2008

Receita de Maria Empanada

Ingredientes:
2 xícaras de pouco incentivo
3 colheres de sopa de mal humor
6 pingos de essência de medo de sombra
1 xícara de cobranças diárias
5 bifes de Maria, carne nova de preferência

Modo de preparo:
Pegue os bifes de Maria, bata para amassear (pode ser que tenha nervuras da breve vida)
Coloque-os em uma tigela (de cristal) com as colheres de mal humor, os pingos de medo de sombra e as xícaras de pouco incentivo, deixe descansar... Logo salpique as cobranças diárias e passe na farinha de bronca!
Após é só fritar...
Ah! Em óleo bemmm quente. Sirva para muitas pessoas com arroz selvagem!


20 de fevereiro de 2008

Fio de vida

Já fiz mais do que podia
Nem sei como foi que fiz.
Muita vez nem quis a vida a vida foi quem me quis.

Para me ter como servo?
Para acender um tição na frágua da indiferença?
Para abrir um coração

no fosso da inteligência?
Não sei, nunca vou saber.
Sei que de tanto me ter, acabei amando a vida.

Vida que anda por um fio,
diz quem sabe. Pode andar,
contanto (vida é milagre) que bem cumprido o meu fio.

Thiago de Mello


Hoje tem eclipse da lua
[fonte: Terra]

O primeiro eclipse lunar do ano poderá ser visto entre a noite desta quarta-feira e a madrugada desta quinta em todo o Brasil, dependendo das condições meteorológicas. A Lua começará a entrar na sombra da Terra (umbra) às 22h43 da quarta (horário de Brasília). O auge do eclipse acontece entre 0h01 e 0h51. Às 2h09 a Lua sairá da umbra.
No dia 16 de agosto haverá outro eclipse lunar visível, mas o fenômeno será apenas parcial. Dos quatro eclipses que ocorrerão em 2009, nenhum será favorável: três serão apenas penumbrais e não poderá ser observado visualmente. O quarto, apenas parcial, será invisível no Brasil. Apenas em abril de 2015 as condições serão novamente ideais.


19 de fevereiro de 2008

Previsões

Do que realmente somos capazes?

Um dos professores de Albert Einstein o descreveu como: "Mentalmente lento, insociável e eternamente mergulhado em seus sonhos imbecis."
Beethoven segurava o violino desajeitadamente, e preferia tocar suas próprias composições, ao invés de aperfeiçoar sua técnica.
Seu professor julgava-o um compositor sem futuro.
Como você lida com os obstáculos que o mundo apresenta em sua caminhada?
Como você recebe as oposições das pessoas?

Eu, ultimamente, com pouca paciência... Tô planejando me soltar de tudo que me prende, me oprime, me reduz, me sabota...



18 de fevereiro de 2008

Lula no país das maravilhas

Ontem olhei aquela série do "Domingo Espetacular" - Vivendo das Sobras.
A tristeza que senti não tem tamanho!
A Record tem mostrado em diversas capitais as pessoas que vão até as CEASAS e juntam no chão frutas e legumes que são descartados. Maioria mulheres que precisam alimentar os filhos, na maioria dos casos um balde com frutas e alguns legumes são a única refeição de uma família com 10 pessoas.
Enquanto isso, o Lula diz que está tudo bem, que o país está crescendo, que tudo vai às mil maravilhas...
Isso dá uma revolta tão grande! Está tudo bem pra quem? O país cresce às custas de quem?
São essas perguntas que precisamos nos fazer.
Enquanto tiver milhares de pessoas vivendo de restos não está tudo bem pôxa!!!!!

Outra reportagem que gostaria de comentar é do "Fantástico" no quadro "Profissão Repórter": Em Alagoas, os estudantes se espremem em caminhões adaptados. Em São Paulo, crianças se arriscam no trânsito porque falta transporte escolar. No Sul de Minas, ônibus sem conforto e segurança.
Revoltante! Com tanto dinheiro desviado, com tanta corrupção no país... O Brasil não oferece nem condições para que crianças cheguem nas escolas, sendo que estas muitas vezes estão mais quebradas que o transporte!

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM791215-7823-CRIANCAS+ENFRENTAM+DIFICULDADES+PARA+CHEGAR+A+ESCOLA,00.html

Bom, com essas duas indignações eu começo a minha semana.
Espero que essas realidades mudem, sei que nada é de uma hora para outra, mas temos que começar a nos envolver com essas situações, contribuir da forma que cada um pode.
A mais relevante delas é acompanhar as pessoas para quem demos nosso voto nas eleições, e votar consciente. Não basta só cumprir um papel de eleitor responsável que não falta as votações é preciso acompanhar e cobrar a pessoa que está lá, independente se você votou nela ou não. Os deputados, senadores, etc... são um conjunto, embora de partidos e interesses diferentes. Não adianta achar que por que o seu não é corrupto que está bom, é preciso cobrar, acompanhar e contribuir no todo!

Boa semana!

17 de fevereiro de 2008

Ânimo

Ontem visitei uma amiga. Ela passou por uma grande dificuldade, sofreu muito... Física e principalmente psicologicamente.
Me sinto feliz por que na hora H somente eu e Ale (meu amado) estávamos lá, para apoiá-la, em todos os sentidos.
Ela, hoje, está bem melhor, vale a pena vê-la conversando com alegria. Puxa! Dá um ânimo ver que a pessoa superou um problema difícil, ver que está pensando pra frente, sonhando...
Com a situação dela aprendi que cada um de nós é colocado no lugar apropriado para melhor servir. Entendi meu lugar, e isso hoje em dia é muito raro. Saber que sua presença fez diferença efetivamente.
Isso me dá ânimo para continuar meus planos para este ano e os próximos...
Com a alegria de ver minha amiga bem, a semana vai ser melhor... Era a frutinha que faltava pra completar!
Saboreie!! Viva a vida!!
Bom domingo pra todos!

Ontem também mudou o horário, confesso que gosto mais do horário de verão. MAs sinto-me mais descansada nesse... Paciência, lá vamos nós adaptarmos novamente!!

16 de fevereiro de 2008

Gente

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza!

(Almas Perfunadas - Ana Jácomo)

15 de fevereiro de 2008

Aniversário

Hoje é aniversário do meu irmão, está completando 10 anos.
Não conheço outra criança que fique tão feliz no dia do aniversário...

Paulinho é muito engraçado, gosta de inventar brincadeiras, rir e fazer os outros rirem!
Desde a sua gestação e a infância, tudo foi muito intenso... Como passar um dia com o Paulinho é muito divertido e intenso.
Todos os anos sempre tem algo para comemorar, até por que um mês antes ele já começa a nos lembrar que o aniversário é em fevereiro, dia 15.
Lembro de muitos momentos alegres, nos poucos 10 anos do meu irmão. Desejo tudo de bom a ele, quero que cresça feliz e saudável. Torço para que possa ter uma longa e próspera vida pela frente.





Um super beijo...



Para meu irmão e para todas as pessoas que fazem aniversário em fevereiro.



Celebra a alegria de fazer anos de esperança.
Conta teus anos não pelo tempo mas pelo espaço que fazes em teu coração.
Não pela amargura de uma dor mas pela ressurreição que ela traz.
Não pelo número de troféus de tuas conquistas mas pelo gosto de aventura de tuas buscas.
Não pelas vezes que chegaste mas pelas vezes que tiveste coragem de partir.
Não pelos frutos que colheste mas pelo terreno que preparaste e as sementes que lançaste.
Não pela quantidade dos que te amam mas pela medida de teu coração, capaz de amar a todos. Não pelas desilusões que tiveste mas pela esperança que infundiste.
Não pelos anos que fazes mas por aquilo que fazes em teus anos.
Não pelas vezes que celebraste aniversário mas pelas vezes que teu aniversário se tornou uma celebração de vida.




14 de fevereiro de 2008

Dia Internacional do Amor

O Dia Internacional do Amor é comemorado em todos os países, exceto no Brasil, onde se festeja, no dia 12 de junho, o Dia dos Namorados.
Há várias versões sobre o surgimento dessa comemoração, que nos reportam às festas romanas pagãs e às manifestações de fé dos cristãos. Na versão mais conhecida, a comemoração teria se originado nas lupercálias, festas pagãs celebradas, na antiga Roma, que se iniciavam no dia 14 de fevereiro, dedicadas a Luperco ou Pã (deus protetor dos rebanhos e dos pastores) e a Juno (deusa do amor). Na Idade Média, dizia-se que esse era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam essa ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta da amada.

No século III, também em Roma, o padre Valentim celebrava matrimônios, contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido casamentos durante as guerras, por acreditar que os solteiros eram melhores combatentes. A punição foi inevitável: padre Valentim ficou preso na casa do prefeito de Roma, que era pagão, assim como sua família. Esse prefeito tinha uma filha cega, que foi curada pelo padre; desse modo, ele conseguiu converter toda a família.

Quando o imperador soube do ocorrido, condenou Valentim à morte, pois este se recusara a renunciar a Cristo. O padre foi decapitado no dia 14 de fevereiro de 286. Surgiram, então, algumas lendas sobre Valentim, fazendo de sua vida religiosa uma história romântica. Uma delas diz que ele teria se apaixonado pela jovem cega e escrito uma carta endereçada a ela, antes de morrer. Existe outro Valentim, que também morreu em Roma, no mesmo período. Foi o primeiro bispo de Terni, famoso pelo dom da cura e do conselho.

Os casais brigados, depois de se aconselharem com ele, costumavam voltar para oficializar a união. O bondoso bispo, já idoso, foi preso por defender alguns cristãos. Morreu pela fé em Cristo, em 14 de fevereiro de 273. A Igreja católica declarou santos os dois mártires, que os fiéis devotos cultuam como os padroeiros do amor. No século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim para presentear a pessoa amada ou se reconciliar com ela.

A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, com o nome de Valentine´s Day. Na China, o sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar chinês é o Qi iao Jie, "A noite dos sete", que é equivalente ao Dia do Amor. No Japão, o amor é comemorado em dois dias. O primeiro é 14 de fevereiro, quando as mulheres dão presentes e chocolates para amigos, namorados e parentes.

O segundo é 14 de março, quando os homens retribuem a elas os presentes recebidos. No dia 7 de julho, há também outra festa - o Tanabata -, que celebra o encontro de duas estrelas, que simbolizam o encontro dos apaixonados. [Fonte: Paulinas Online]
Existem muitas datas para celebrar o amor... Pena que muitas vezes nós não o vivemos com a intesidade e a sinceridade que o amor merece.
A palavra amor é dita por muitos como se não houvesse significado algum! Eu procuro dizer "Eu te amo" para quem eu realmente amo! E é tão bom...
E ouvir então? Nossa! Como é bom não acham?

13 de fevereiro de 2008

Chuva

Cheiro de terra molhada...
Mas o sol já ressurgiu.
Era chuva de verão!

Mas amor consola, como o sol após a chuva...

Tudo é fugaz e momentâneo.






12 de fevereiro de 2008

Doces lembranças

Por esses dias fiquei pensando sobre as emoções que a gente sente na vida.
Também precebi que algumas a gente vai esquecendo, "deixando de lado"!
Algumas eu recordei com muita excitação e alegria! Outras emoções não lembro direito como as senti...
Vocês lembram de emoções que a tempos não sentem... Ou que estão quase no baú!!
Algumas delas:
A emoção do primeiro beijo...
A tão desejada primeira viajem...
O primeiro peixe pescado com as próprias mãos...
O reencontro com alguém muito amado...
A "primeira vez"...
O retorno a terra natal...
O primeiro buquê de flores recebido...
A primeira festa surpresa de aniversário...
O primeiro salário...


E por aí vai, muitas emoções, lembranças, algumas ficam registradas na retina e no coração! Com o passar dos anos a gente vai banalizando essas e outras tantas boas emoções, dá mais ênfase as não tão boas...
No balanço final dessa curta existência, o que vai verdadeiramente valer a pena será o que de bom e emocionante tivermos vivido!

Desejo à você colheradas de boas e doces emoções...




11 de fevereiro de 2008

Bom humor

Minha mãe ao saber que escrevo em um blog chamado Sem Gorduras Trans ficou feliz da vida que estou me dedicando a alimentação saudável num blog de receitas!!!!!!!!



Boa semana.


9 de fevereiro de 2008

Marca registrada


Chances nos são dadas constantemente.
Convites nos são feitos a toda hora.
Gestos de amor nos emocionam...
Precisamos descobrir que as dificuldades continuarão a existir por algum tempo, ainda, mas que podemos encará-las de uma maneira diferente, como se fossem mãos invisíveis que visam nos colocar num caminho seguro.

E que em nossas ações possamos ser referencial de virtudes.
Que cada um de nós possa ter uma marca registrada!
Que a nossa marca seja o bem, a alegria, a esperança, a coragem, a determinação...

"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar". [Eduardo Galeano]

8 de fevereiro de 2008

Hoje

Aproveite este dia!
Ame com todas as forças do seu coração, sem restrições, sem ver defeitos ou tristezas.

Basta que não amasse nem rabisque de forma inconseqüente essa página em branco, chamada hoje.


7 de fevereiro de 2008

Momentos

A vida é feita de momentos, de opções.
Há momentos na nossa vida que não aproveita, e passamos na inutilidade ou se comprometendo com os erros, que produzem aflições para nós mesmos.
A vida oferece, a cada instante, inúmeros momentos para que possamos tomar decisões.
E cada decisão tomada, definirá seu próximo momento...
Que seja este, portanto, o momento de decisão feliz...

Ah! Raciocinar é uma arte!!


6 de fevereiro de 2008

Vontade

A vontade move mundos, está nela a nossa força.
Nada cai do céu para as pessoas que não compreendem o sentido da determinação, que não sabem que tudo começa a partir da própria decisão em querer...


5 de fevereiro de 2008

Mudanças...

Com o tempo, os conceitos mudam...
Os sonhos mudam
Nossos planos mudam...
A vida muda...
Mas não se mudam princípios e valores...
Mudei e continuo igual...
Assim é o ser humano: tão coerente em suas contradições!!

Esse feriadão foi e está sendo muito importante... Grandes mudanças!

Por isso adoro a vida, ela nos proporciona cada recomeçar...ai ai
Uma das formas mais infalíveis de mudança é a reflexão.





2 de fevereiro de 2008

Introspectiva e confissão

Já expulsei pessoas que amava da minha vida.
Passei noites chorando até pegar no sono.
Fiquei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou.
Menti e me arrependi depois.
Senti muita falta de alguém.
Acreditei em pessoas que não valiam a pena.
Tive crise de riso quando não podia.
Não sei viver de mentiras.
Calei quando deveria gritar.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade.
Não sei amar pela metade.
Quebrei pratos, copos e vasos, de raiva!
Já liguei para quem não queria apenas para ligar para quem realmente queria.
Falei o que não pensava para magoar outros.
Chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Gosto dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre!

Bom final de semana pra todos! Eu aproveitarei o feriadão pra escrever, ler, me confessar...

1 de fevereiro de 2008

Beleza...

Estamos nos dias da beleza, da exposição da beleza, nas suas mais variadas formas.
A beleza dos corpos, das penas, dos coloridos!
Gosto do carnaval por causa das cores, da criatividade humana em fazer alegorias e fantasias para divertir-se.
No carnaval as pessoas vestem-se com aquilo que não conseguiriam, mesmo que quisessem, no dia a dia. Quando eu era criança queria ficar vários e vários dias com aquela saia toda colorida e com a blusinha toda brodada de lantejoulas que minha mãe sempre confeccionava! Acho que muitos adultos têm vontade de vestir-se com as roupas e as cores do carnaval todos os dias...
Para muitos, esses dias de carnaval são um pedacinho de céu cheio de poesia e beleza.
E quando falamos em beleza precisamos lembrar do espelho. Ele é um objeto "em alta" nesta época. Faz com que as pessoas certifiquem-se que ficou bom, que a maquiagem é esta!
Já fizeram o exercício de ficar sem espelho? Eu já fiz isso, principalmente quando vou acampar ou em alguma pescaria. É interessante, nos primeiros momentos faz uma falta danada... Depois a gente se adapta, escova o cabelo sem perceber que o espelho não está ali. Em casa a gente acostuma até escovar os dentes se olhando...

O grande barato de ficar sem espelho é que a gente olha mais pros outros. Paramos por algum momento de olhar apenas para nós mesmos e olhamos mais para as outras coisas e pessoas. Quando se está no meio do mato sem espelho, ninguém se importa. Ficar sem batom, sem o penteado perfeito não faz diferença alguma. Olhamos para o outro sem se preocupar se "estou bem?"

Calma, não estou propondo que fiquemos sem espelho, sem o batonzinho!!! Apenas com isso sugiro que façamos mais o exercício de olhar em volta, de olhar no olho, de brincar o carnaval preocupado com a festa em si, com a companhia dos amigos e não tanto com o espelho!

E isso é um exercício diário, não somente no carnaval, mas em todos os dias do ano, quem sabe prolongamos a beleza da vida e da alegria!