31 de dezembro de 2009

2010 chegando!

Brindemos com alegria e otimismo!
Desejo a você, amiga e amigo blogueiro, um maravilhoso 2010!
Quero que tudo seja muito bom, cheio de paz e saúde!
Abraço e beijo a todas/os!!!!!!

28 de dezembro de 2009

Ansiedade


Caminho com ansiedade para degustar de uma vez o ano novinho em folha!
Fico ansiosa nestes dias prévios!
Aff...
Caminho com ansiedade para revelar a beleza de um ano novinho em frente! Sem as repetições de 2010...
Caminho com ansiedade para apalpar com delicadeza um ano cheio de esperanças pra mim!
Vai ser um tempo novo, com coisas boas... Tenho fé nisso.
Não, não quero esquecer 2009, ele me ensinou muito. Mas quero experimentar de uma vez o ano novinho, cheirando a coisa saborosa saindo do forno!

16 de dezembro de 2009

Instante...

Tal como silêncio após o ruído, ando numa busca incessante...
De razões, emoções e princpipalmente motivações.
Esse tal "vazio" que-de-vez-em-quando-dá-na-gente, tem razões mais profundas, explicações bem óbvias mas que quando sentimos não é tão lógico assim!
Até que estou curtindo, penso muito sobre tudo, faz até bem. É como se desligássemos as coisas da tomada por um tempo!

13 de dezembro de 2009

Coisas de Natal



Ah! As coisas do advento...
Coisas de natal
Coisas da vida nova, da espera, do anúncio...
Neste período do ano as pessoas querem resolver tudo que não resolveram o ano todo, não parece?
Rever pessoas, pedir perdão, chorar por pouca coisa, preparar enfeites, "desentocar" bolinhas, velas, receitas, enfim, muitos pendurucalhos!
Tem um cheiro no ar, pessoas se amontoam em lojas made in china, querem tudo por pouco.
Sacolas cheias, coração nem tanto...
Uma preparação agitada pela chegada, de alguém que muitos nem sabem direito por que e para que...
Mas assim são as coisas do natal...

7 de dezembro de 2009

Sem sentido


Momentos assim, que não fazem sentido algum...
Mas é preciso vivê-los!
Palavras sem sentido, mas precisa-se dizer!
Um momento, uma angústia...
Palavras, sentimentos, momentos...
Sem sentido algum, mas sem coragem de jogá-los pela janela!
Mas também, como seria, uma amor de amar eternamente?
Um momento só com-sentido?
Algo que pertença sempre, seja sempre?
Não me visto bem com a razão, não, nem pretendo... Ela parece sempre gostar de cores escuras!
Vida e sentido voláteis.
Momentos e verdades constantes...
Saber que é para sempre enjoa!
Então, sem mais insatisfações. Vivamos! Mesmo sem sentido!

4 de dezembro de 2009

Tempo...


Sinto a falta imensa de qualquer coisa.... Será o fim do ano?
Tenho saudade talvez, daquelas tardes incrédulas, das noites recheadas de sonhos...

Tenho saudades de tudo aquilo que só nós experimentamos, da ausência de tudo e de todos, da saudade da saudade... Me impulsionava mais.

Sinto falta do cheiro, das cores e de tudo mais que só vi ali, aqui...
Sinto falta das chuvas sem hora marcada, do frio e do sol destemperados.

Tenho comigo a imensa certeza de que tudo um dia se repete, como um ciclo, cheio de vida e esperança...

31 de dezembro de 2009

2010 chegando!

Brindemos com alegria e otimismo!
Desejo a você, amiga e amigo blogueiro, um maravilhoso 2010!
Quero que tudo seja muito bom, cheio de paz e saúde!
Abraço e beijo a todas/os!!!!!!

28 de dezembro de 2009

Ansiedade


Caminho com ansiedade para degustar de uma vez o ano novinho em folha!
Fico ansiosa nestes dias prévios!
Aff...
Caminho com ansiedade para revelar a beleza de um ano novinho em frente! Sem as repetições de 2010...
Caminho com ansiedade para apalpar com delicadeza um ano cheio de esperanças pra mim!
Vai ser um tempo novo, com coisas boas... Tenho fé nisso.
Não, não quero esquecer 2009, ele me ensinou muito. Mas quero experimentar de uma vez o ano novinho, cheirando a coisa saborosa saindo do forno!

16 de dezembro de 2009

Instante...

Tal como silêncio após o ruído, ando numa busca incessante...
De razões, emoções e princpipalmente motivações.
Esse tal "vazio" que-de-vez-em-quando-dá-na-gente, tem razões mais profundas, explicações bem óbvias mas que quando sentimos não é tão lógico assim!
Até que estou curtindo, penso muito sobre tudo, faz até bem. É como se desligássemos as coisas da tomada por um tempo!

13 de dezembro de 2009

Coisas de Natal



Ah! As coisas do advento...
Coisas de natal
Coisas da vida nova, da espera, do anúncio...
Neste período do ano as pessoas querem resolver tudo que não resolveram o ano todo, não parece?
Rever pessoas, pedir perdão, chorar por pouca coisa, preparar enfeites, "desentocar" bolinhas, velas, receitas, enfim, muitos pendurucalhos!
Tem um cheiro no ar, pessoas se amontoam em lojas made in china, querem tudo por pouco.
Sacolas cheias, coração nem tanto...
Uma preparação agitada pela chegada, de alguém que muitos nem sabem direito por que e para que...
Mas assim são as coisas do natal...

7 de dezembro de 2009

Sem sentido


Momentos assim, que não fazem sentido algum...
Mas é preciso vivê-los!
Palavras sem sentido, mas precisa-se dizer!
Um momento, uma angústia...
Palavras, sentimentos, momentos...
Sem sentido algum, mas sem coragem de jogá-los pela janela!
Mas também, como seria, uma amor de amar eternamente?
Um momento só com-sentido?
Algo que pertença sempre, seja sempre?
Não me visto bem com a razão, não, nem pretendo... Ela parece sempre gostar de cores escuras!
Vida e sentido voláteis.
Momentos e verdades constantes...
Saber que é para sempre enjoa!
Então, sem mais insatisfações. Vivamos! Mesmo sem sentido!

5 de dezembro de 2009

Descanso



Ando precisando de dias assim...

4 de dezembro de 2009

Tempo...


Sinto a falta imensa de qualquer coisa.... Será o fim do ano?
Tenho saudade talvez, daquelas tardes incrédulas, das noites recheadas de sonhos...

Tenho saudades de tudo aquilo que só nós experimentamos, da ausência de tudo e de todos, da saudade da saudade... Me impulsionava mais.

Sinto falta do cheiro, das cores e de tudo mais que só vi ali, aqui...
Sinto falta das chuvas sem hora marcada, do frio e do sol destemperados.

Tenho comigo a imensa certeza de que tudo um dia se repete, como um ciclo, cheio de vida e esperança...