16 de janeiro de 2009

Consolo*

Um dia eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e no céu passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difícies e angustiantes da minha vida. Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao meu Senhor: Senhor, tu não me disseste que, tendo eu resolvido te seguir, tu andarias sempre comigo, em todo o caminho?

Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia.

Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste sozinho. O Senhor me respondeu: Meu querido filho. Jamais te deixaria nas horas da prova e do sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas...

Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.

[José Spera]


*Dedico esta linda mensagem às vítimas das guerras, às vítimas do trânsito, da fome e hoje em especial às vítimas do acidente com o Brasil de Pelotas.

13 comentários:

  1. Belo texto!
    Realmente muitas vezes não paramos e refletimos sobre essas passagens de nossas vidas...as pegadas que deixamos.
    Bela homenagem as vítimas!

    ResponderExcluir
  2. Pegadas na areia... Famoso texto de autor desconhecido para mim, até então.

    ResponderExcluir
  3. Texto famoso. Tem até uma musica com este texto, acho que é do Padre Antonio Maria!

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por passar lá e obrigada pelo conselho^^
    tudo já já se acerta^^
    hhehehehehehehe

    obs.: as tais pegadas da vida, é assim que é e assim tem que ser...
    felicidades a todos nós
    beijo
    fica com Deus
    bom fds

    ResponderExcluir
  5. BALA, BALINHA...CHICLETE SPLOC

    amo tudo desse blog^^

    (tentei rimar)

    bom fds amoreeeeeee

    ResponderExcluir
  6. Que bom que você curtiu a música. O vocalista vencedor do concurso irá gravar com a gente. A melodia já está lá no www.desenrola.com.br
    E aí, vai se candidatar também? :)

    ResponderExcluir
  7. O texto é lindo.
    Sua dedicatória, comovente.

    Parabéns garota, você vai longe.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela mensagem.
    Ela para mim é uma oração.
    Linda a sua iniciativa.
    Já que nada podemos fazer...pelo menos que se faça alguma atitude seja ela qual for.
    Bjssss...milll...

    ResponderExcluir
  9. Linda a sua mensagem! Linda mesmo...
    Olha só, vou indicar ela em um post, espero que você não se incomode.
    =*

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

16 de janeiro de 2009

Consolo*

Um dia eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e no céu passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difícies e angustiantes da minha vida. Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao meu Senhor: Senhor, tu não me disseste que, tendo eu resolvido te seguir, tu andarias sempre comigo, em todo o caminho?

Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia.

Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste sozinho. O Senhor me respondeu: Meu querido filho. Jamais te deixaria nas horas da prova e do sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas...

Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.

[José Spera]


*Dedico esta linda mensagem às vítimas das guerras, às vítimas do trânsito, da fome e hoje em especial às vítimas do acidente com o Brasil de Pelotas.

13 comentários:

  1. Belo texto!
    Realmente muitas vezes não paramos e refletimos sobre essas passagens de nossas vidas...as pegadas que deixamos.
    Bela homenagem as vítimas!

    ResponderExcluir
  2. Pegadas na areia... Famoso texto de autor desconhecido para mim, até então.

    ResponderExcluir
  3. Texto famoso. Tem até uma musica com este texto, acho que é do Padre Antonio Maria!

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por passar lá e obrigada pelo conselho^^
    tudo já já se acerta^^
    hhehehehehehehe

    obs.: as tais pegadas da vida, é assim que é e assim tem que ser...
    felicidades a todos nós
    beijo
    fica com Deus
    bom fds

    ResponderExcluir
  5. BALA, BALINHA...CHICLETE SPLOC

    amo tudo desse blog^^

    (tentei rimar)

    bom fds amoreeeeeee

    ResponderExcluir
  6. Que bom que você curtiu a música. O vocalista vencedor do concurso irá gravar com a gente. A melodia já está lá no www.desenrola.com.br
    E aí, vai se candidatar também? :)

    ResponderExcluir
  7. O texto é lindo.
    Sua dedicatória, comovente.

    Parabéns garota, você vai longe.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela mensagem.
    Ela para mim é uma oração.
    Linda a sua iniciativa.
    Já que nada podemos fazer...pelo menos que se faça alguma atitude seja ela qual for.
    Bjssss...milll...

    ResponderExcluir
  9. Linda a sua mensagem! Linda mesmo...
    Olha só, vou indicar ela em um post, espero que você não se incomode.
    =*

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...