27 de novembro de 2008

É tempo de ser feliz...

Todos nós temos desejos, desafios que podem ser definidos como o mundo que você quer abraçar.
Ser rico, ser famoso, acabar com a miséria do mundo, casar-se com um príncipe encantado, e assim por diante... Ou, no Natal ter uma ceia bem gorda e comprar o último modelo de celular! Sim! Isso mesmo, muita gente é feliz assim.
Claro que cada um tem sua aspiração, pessoal, profissional, cada pessoa sabe, define o tamanho de seu sonho.
Estamos na época dos sonhos pequenos, onde cada um deseja comprar uma "coisinha", ganhar o "presentinho", aquele, que por um momento trará felicidade. Estamos no tempo de ser feliz!
Calma, não estou fazendo discurso sobre ou contra o consumismo, apenas lembrando que felicidade é algo bem maior...
O último modelo de celular, ou outro objeto qualquer não te fará feliz plenamente. Por alguns instantes talvez.
Não podemos ter pressa para ser feliz, pois a felicidade vem devagarinho, como dona do tempo. Felicidade não é fruto da ostentação, nem do luxo. Mas é interessante como, muitas vezes, caímos nessa armadilha.
Mas o que quero propor é pensarmos na nossa definição de felicidade. Está em coisas, momentos, pessoas, lugares? Onde ou o que é?

***************************************************************

Momento de felicidade:

Meu irmão, 10 anos, manda torpedo no meu celular...

Mana eu te amo sinto muita falta de ti.Qundo é que tu volta?

Eu respondo, com toda a falta de pedagogia com crianças...

A mana vai voltar, vai demorar um tempo, mas não se preocupe, em breve estaremos aí de novo! Também te amo muito, te cuida, vai na aula direitinho, cuida da mãe por mim.

Ele envia outro:

Mana eu tô cuidando da mae, vou na aula, isso ajda pra vc voltar logo? qeria saber se já tomoeu banho no mar

Eu respondo:

A mana vai voltar, mas não faça chantagem, seja obediente. Não tomei banho de mar, não gosto de praia, sol forte essas coisas... Um beijo, boa noite, te amo.

Ele mandou mais um:

Se não gosta de mar e vai voltar logo pq foi entaÕ?

Até hoje não respondi.









2 comentários:

  1. é difícil vencer a inteligência descarada das crianças...

    lembra da minha sobrinha???

    eheheheheh

    abração

    Marcelo

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

27 de novembro de 2008

É tempo de ser feliz...

Todos nós temos desejos, desafios que podem ser definidos como o mundo que você quer abraçar.
Ser rico, ser famoso, acabar com a miséria do mundo, casar-se com um príncipe encantado, e assim por diante... Ou, no Natal ter uma ceia bem gorda e comprar o último modelo de celular! Sim! Isso mesmo, muita gente é feliz assim.
Claro que cada um tem sua aspiração, pessoal, profissional, cada pessoa sabe, define o tamanho de seu sonho.
Estamos na época dos sonhos pequenos, onde cada um deseja comprar uma "coisinha", ganhar o "presentinho", aquele, que por um momento trará felicidade. Estamos no tempo de ser feliz!
Calma, não estou fazendo discurso sobre ou contra o consumismo, apenas lembrando que felicidade é algo bem maior...
O último modelo de celular, ou outro objeto qualquer não te fará feliz plenamente. Por alguns instantes talvez.
Não podemos ter pressa para ser feliz, pois a felicidade vem devagarinho, como dona do tempo. Felicidade não é fruto da ostentação, nem do luxo. Mas é interessante como, muitas vezes, caímos nessa armadilha.
Mas o que quero propor é pensarmos na nossa definição de felicidade. Está em coisas, momentos, pessoas, lugares? Onde ou o que é?

***************************************************************

Momento de felicidade:

Meu irmão, 10 anos, manda torpedo no meu celular...

Mana eu te amo sinto muita falta de ti.Qundo é que tu volta?

Eu respondo, com toda a falta de pedagogia com crianças...

A mana vai voltar, vai demorar um tempo, mas não se preocupe, em breve estaremos aí de novo! Também te amo muito, te cuida, vai na aula direitinho, cuida da mãe por mim.

Ele envia outro:

Mana eu tô cuidando da mae, vou na aula, isso ajda pra vc voltar logo? qeria saber se já tomoeu banho no mar

Eu respondo:

A mana vai voltar, mas não faça chantagem, seja obediente. Não tomei banho de mar, não gosto de praia, sol forte essas coisas... Um beijo, boa noite, te amo.

Ele mandou mais um:

Se não gosta de mar e vai voltar logo pq foi entaÕ?

Até hoje não respondi.









2 comentários:

  1. é difícil vencer a inteligência descarada das crianças...

    lembra da minha sobrinha???

    eheheheheh

    abração

    Marcelo

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...