25 de janeiro de 2010

De segunda - batom!

60% das brasileiras não têm um batom

No país que mais vende produtos da Avon e que só perde em número de cirurgias plásticas para os Estados Unidos, é um tanto chocante saber que apenas 40% das mulheres brasileiras têm um batom para chamar de seu, seja ele vermelho ou rosa, alaranjado ou marrom, cintilante ou opaco, caro ou barato. Isso, na prática, quer dizer que a maioria não tem nem um item de maquiagem, já que o batom pode ser considerado o mais básico de todos.

Estou me arriscando, com este post, a ser chamada de fútil e talvez com alguma razão, especialmente considerando o sofrimento por que está passando o povo haitiano. Mas não deixei de sentir uma ponta de tristeza ao ler essa informação, jogada no meio de uma reportagem do Financial Times sobre o crescimento do mercado de beleza no Brasil.

Era apenas uma linha dentro do texto, uma estimativa – não sei até que ponto acurada – divulgada por Alessandro Carlucci, presidente da Natura, mas me fez parar e pensar quantas mulheres brasileiras nunca tiveram a oportunidade de comprar algo supérfluo para si mesmas, de cuidar de si mesmas, de pensar em si mesmas. Aquelas que, depois de tanto trabalho duro, conseguem, na melhor das hipóteses, alimentar os filhos e lhes dar abrigo. Aquelas que sempre abrem mão do que quer que seja para dar mais conforto ou felicidade à família. Que sempre estão tão preocupadas com os outros que nem têm tempo para dar atenção às próprias necessidades, desejos e sonhos.

Não estou dizendo que um simples batom possa resolver os problemas dessas mulheres, mas fico pensando o quanto ter um batom pode significar, no fundo, ter uma vida melhor, com um pouco mais do que o necessário para sobreviver. Se tivessem um dinheiro sobrando, talvez muitas mulheres não comprassem um batom, mas um livro ou uma almofada nova, isso não importa. Eu gostaria apenas que elas pudessem se dar um merecido presente.

Fonte: Mulher 7×7

Um comentário:

  1. =P
    n digo q foi futil.
    Mas n foi óóóó akelas coisas...
    =D
    ah,.. té eu tenhu maquiagem =P pra teatro, néa!!?? kkk...

    alohaa

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

25 de janeiro de 2010

De segunda - batom!

60% das brasileiras não têm um batom

No país que mais vende produtos da Avon e que só perde em número de cirurgias plásticas para os Estados Unidos, é um tanto chocante saber que apenas 40% das mulheres brasileiras têm um batom para chamar de seu, seja ele vermelho ou rosa, alaranjado ou marrom, cintilante ou opaco, caro ou barato. Isso, na prática, quer dizer que a maioria não tem nem um item de maquiagem, já que o batom pode ser considerado o mais básico de todos.

Estou me arriscando, com este post, a ser chamada de fútil e talvez com alguma razão, especialmente considerando o sofrimento por que está passando o povo haitiano. Mas não deixei de sentir uma ponta de tristeza ao ler essa informação, jogada no meio de uma reportagem do Financial Times sobre o crescimento do mercado de beleza no Brasil.

Era apenas uma linha dentro do texto, uma estimativa – não sei até que ponto acurada – divulgada por Alessandro Carlucci, presidente da Natura, mas me fez parar e pensar quantas mulheres brasileiras nunca tiveram a oportunidade de comprar algo supérfluo para si mesmas, de cuidar de si mesmas, de pensar em si mesmas. Aquelas que, depois de tanto trabalho duro, conseguem, na melhor das hipóteses, alimentar os filhos e lhes dar abrigo. Aquelas que sempre abrem mão do que quer que seja para dar mais conforto ou felicidade à família. Que sempre estão tão preocupadas com os outros que nem têm tempo para dar atenção às próprias necessidades, desejos e sonhos.

Não estou dizendo que um simples batom possa resolver os problemas dessas mulheres, mas fico pensando o quanto ter um batom pode significar, no fundo, ter uma vida melhor, com um pouco mais do que o necessário para sobreviver. Se tivessem um dinheiro sobrando, talvez muitas mulheres não comprassem um batom, mas um livro ou uma almofada nova, isso não importa. Eu gostaria apenas que elas pudessem se dar um merecido presente.

Fonte: Mulher 7×7

Um comentário:

  1. =P
    n digo q foi futil.
    Mas n foi óóóó akelas coisas...
    =D
    ah,.. té eu tenhu maquiagem =P pra teatro, néa!!?? kkk...

    alohaa

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...