1 de setembro de 2009

Desejos

A vida na procura do amor,
Ouço tua voz, como encanto...
Estremeço como árvore entre as árvores!
Indo e vindo com meu coração.

Difícil descoberta, eu te amar assim,
Presa aos meus sonhos, livre nós dois...
Tu és a onda, daquele mar, o mesmo.
Dono do meu medo, paixão de minha esperança.
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Quanto menos te encontro, mais te acho!
Em nome da medida, do desejo.
Na procura do diferente amar,
Vou esperando o mágico dia...

E me chama tua saudade,
Teu corpo, teu sorriso...
Cruzo todas as sombras, liberdades!

Minha vida entre estradas...
Desejo, fruto do que se quer.
Vida e esperança, espera.
E agora parece se ouvir,
Como se aproxima o dia do reencontro!

[Escrevi em 04/03/1998]

7 comentários:

  1. ai que lindooooo! apaixonante.
    e já estava com saudades de você ;D

    bjssss.

    ResponderExcluir
  2. Deka...

    Sempre é bom rever alguns textos antigos. Rever nossos sentimentos e lembranças.

    Lindos versos!

    Besitos

    ResponderExcluir
  3. Nooossaaaa, que delícia de foto! Que vontadezinha de ir pra praia, ai!

    É super gostoso encontrarmos coisas que escrevemos há anos né? Você vê suas próprias mudanças, se entende um pouco melhor.


    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. q o desejo seja mais q um desejo
    uma ordem
    *-*
    lindo texto!

    abraços e ótima kintta!
    www.bocadekabide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Aaah, o amor nos faz viajar demais. beijos

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

1 de setembro de 2009

Desejos

A vida na procura do amor,
Ouço tua voz, como encanto...
Estremeço como árvore entre as árvores!
Indo e vindo com meu coração.

Difícil descoberta, eu te amar assim,
Presa aos meus sonhos, livre nós dois...
Tu és a onda, daquele mar, o mesmo.
Dono do meu medo, paixão de minha esperança.
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Quanto menos te encontro, mais te acho!
Em nome da medida, do desejo.
Na procura do diferente amar,
Vou esperando o mágico dia...

E me chama tua saudade,
Teu corpo, teu sorriso...
Cruzo todas as sombras, liberdades!

Minha vida entre estradas...
Desejo, fruto do que se quer.
Vida e esperança, espera.
E agora parece se ouvir,
Como se aproxima o dia do reencontro!

[Escrevi em 04/03/1998]

7 comentários:

  1. ai que lindooooo! apaixonante.
    e já estava com saudades de você ;D

    bjssss.

    ResponderExcluir
  2. Deka...

    Sempre é bom rever alguns textos antigos. Rever nossos sentimentos e lembranças.

    Lindos versos!

    Besitos

    ResponderExcluir
  3. Nooossaaaa, que delícia de foto! Que vontadezinha de ir pra praia, ai!

    É super gostoso encontrarmos coisas que escrevemos há anos né? Você vê suas próprias mudanças, se entende um pouco melhor.


    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. q o desejo seja mais q um desejo
    uma ordem
    *-*
    lindo texto!

    abraços e ótima kintta!
    www.bocadekabide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Aaah, o amor nos faz viajar demais. beijos

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...