10 de setembro de 2012

Tempo e sentido


Momentos assim, que não fazem sentido algum...
Mas é preciso vivê-los!
Palavras sem sentido, mas precisa-se dizer!
Um momento, uma angústia...
Palavras, sentimentos, momentos...
Sem sentido algum, mas sem coragem de jogá-los pela janela!
Mas também, como seria, uma amor de amar eternamente?
Um momento só com-sentido?
Algo que pertença sempre, seja sempre?
Não me visto bem com a razão, não, nem pretendo... Ela parece sempre gostar de cores escuras!
Vida e sentido voláteis.
Momentos e verdades constantes...
Saber que é para sempre enjoa!
Então, sem mais insatisfações, vivamos! Mesmo sem sentido!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

10 de setembro de 2012

Tempo e sentido


Momentos assim, que não fazem sentido algum...
Mas é preciso vivê-los!
Palavras sem sentido, mas precisa-se dizer!
Um momento, uma angústia...
Palavras, sentimentos, momentos...
Sem sentido algum, mas sem coragem de jogá-los pela janela!
Mas também, como seria, uma amor de amar eternamente?
Um momento só com-sentido?
Algo que pertença sempre, seja sempre?
Não me visto bem com a razão, não, nem pretendo... Ela parece sempre gostar de cores escuras!
Vida e sentido voláteis.
Momentos e verdades constantes...
Saber que é para sempre enjoa!
Então, sem mais insatisfações, vivamos! Mesmo sem sentido!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...