15 de dezembro de 2011

Que lado você prefere?

Todo mundo tem seu lado A e lado B.

Tá, tudo bem, fique calma, não estou chamando as pessoas de falsas ou dissimuladas!

Falo do lado que temos que ser todos os dias, aquele que a gente mostra melhor no dia a dia, sabe? o Lado A, impecável, disciplinado, harmonioso!

No trabalho, a gente tem vontade de dizer tudo que pensa, que gostaria que mudasse, mas a gente não diz...Na família, na escola, no grupo de amigos, etc...

Na vida, temos sempre que tocar uma música agradável na frente das pessoas, mesmo querendo silêncio ou um choro sem trégua, mas não dá...

Quantas vezes queremos desabar e não dá!

O nosso lado B, aquele que sentimos mesmo, que compomos com melodias às vezes não muito alegres, fica sufocado. Já fui muito assim e conheço muita gente assim!

Fiz muitos exercícios mentais, filosóficos e sentimentais para não reprimir meu lado B. Ele é a minha melhor canção, pois é aquela que fala do que desejo mesmo, do que sinto de verdade pelas pessoas e coisas, so eu sem edição, sem cortes, sem efeitos especiais!

Claro, muitas vezes, essa melodia não agrada a todos, cada um tem sua preferência musical não é mesmo?

Mas mesmo assim eu vou continuar a tocar, qualquer seja o estilo de música, quando acaba o lado A eu "viro a fita", continuo o baile.

E você, gosta de qual lado de sua vida, o A ou o B? Mostra os dois?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

15 de dezembro de 2011

Que lado você prefere?

Todo mundo tem seu lado A e lado B.

Tá, tudo bem, fique calma, não estou chamando as pessoas de falsas ou dissimuladas!

Falo do lado que temos que ser todos os dias, aquele que a gente mostra melhor no dia a dia, sabe? o Lado A, impecável, disciplinado, harmonioso!

No trabalho, a gente tem vontade de dizer tudo que pensa, que gostaria que mudasse, mas a gente não diz...Na família, na escola, no grupo de amigos, etc...

Na vida, temos sempre que tocar uma música agradável na frente das pessoas, mesmo querendo silêncio ou um choro sem trégua, mas não dá...

Quantas vezes queremos desabar e não dá!

O nosso lado B, aquele que sentimos mesmo, que compomos com melodias às vezes não muito alegres, fica sufocado. Já fui muito assim e conheço muita gente assim!

Fiz muitos exercícios mentais, filosóficos e sentimentais para não reprimir meu lado B. Ele é a minha melhor canção, pois é aquela que fala do que desejo mesmo, do que sinto de verdade pelas pessoas e coisas, so eu sem edição, sem cortes, sem efeitos especiais!

Claro, muitas vezes, essa melodia não agrada a todos, cada um tem sua preferência musical não é mesmo?

Mas mesmo assim eu vou continuar a tocar, qualquer seja o estilo de música, quando acaba o lado A eu "viro a fita", continuo o baile.

E você, gosta de qual lado de sua vida, o A ou o B? Mostra os dois?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...