3 de dezembro de 2008

Dias assim... Sabe!?

Tem dias que não queremos nada com nada!
Acho que todo mundo tem seus dias de isolamento involuntário.
Aquele dia que nada que te disserem fará mudar seu humor, mesmo que você se esforce.
Que nada que te proponham fará você levantar-se da cadeira...
Tem um dia, ou até mais de um, que tudo torna-se repetitivo e demasiadamente chato!
Parece que tudo toma um ritmo mais longo, que as horas custam a passar.
Tem dias que nada me faz gargalhar.
Tem dias que quero esquecer tudo e todos...
Acho que todo mundo tem seus dias assim... Não posso ser só nestas sensações.
Dias que os ponteiros do relógio parecem navalhas, cortando minha esperança.
Será que ficarei assim todo final de ano, ai, ai...

10 comentários:

  1. Provei, gostei e vou comentar...

    Passei na verdade para retribuir o comentário em meu blog, e confesso que quando li "Dias que os ponteiros do relógio parecem navalhas, cortando minha esperança."

    me deu um arrepio por dentro, não sei por que...

    adoorei o blog !

    De verdade!


    beijo, e volte sempre!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo elogio no meu blog Deka.
    Se quiser parceria, é só falar.

    Ótimo blog o seu, bem criativo...
    Acho que o final do ano, mesmo se somos pessoas sociáveis, nos faz sentir meio sozinhos.

    É como se a reflexão nos trouxesse a solidão.
    Abraços!

    http://arvoreando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. haha esta foto do cachorro "pedindo carinho" foi perfeito para comparar com o texto

    adorei ehhehe

    sucesso com o blog ... ha bela música tb

    :)

    ResponderExcluir
  4. Fica assim não... fim de ano é triste mesmo... as músicas de natal programação da televisão.. enfim... seria legal fazer origami .. nesse site tem uns bem fáceis e vc passa o tempo de forma divertida

    http://www.origami-club.com/en/

    B-jão

    ResponderExcluir
  5. Ah... esqueci de comentar uma coisa... essa depre toda tem que ser só no eu lírico ... a trilha sonora do blog tb é massa!

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha
    Concordo plenamente . Me identifiquei bastante no post .
    Valeu pela visita la no meu ,também voltarei mais vezes por aqui =)
    Beijos !

    ResponderExcluir
  7. hahahahaha

    não foi nada, eu achei o teu blog muito original mesmo.

    e, eu acho que não colocarei o conto inteiro, quero que o pessoal não saiba o que acontece no fim.

    hahahahahahahahah

    passa lá de novo qualquer dia desses.

    bejo

    =]

    ResponderExcluir
  8. É...também tenho a mesma sensação,sempre fico deprimida e sensível nos fins de ano. E acho que não é o espírito natalino não.
    Mas acho que é por causa do meu aniversário que é próximo a essas datas festivas...Um motivo para eu não ficar triste,mas vai entender!!
    Freud explica!
    abraços

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...

3 de dezembro de 2008

Dias assim... Sabe!?

Tem dias que não queremos nada com nada!
Acho que todo mundo tem seus dias de isolamento involuntário.
Aquele dia que nada que te disserem fará mudar seu humor, mesmo que você se esforce.
Que nada que te proponham fará você levantar-se da cadeira...
Tem um dia, ou até mais de um, que tudo torna-se repetitivo e demasiadamente chato!
Parece que tudo toma um ritmo mais longo, que as horas custam a passar.
Tem dias que nada me faz gargalhar.
Tem dias que quero esquecer tudo e todos...
Acho que todo mundo tem seus dias assim... Não posso ser só nestas sensações.
Dias que os ponteiros do relógio parecem navalhas, cortando minha esperança.
Será que ficarei assim todo final de ano, ai, ai...

10 comentários:

  1. Provei, gostei e vou comentar...

    Passei na verdade para retribuir o comentário em meu blog, e confesso que quando li "Dias que os ponteiros do relógio parecem navalhas, cortando minha esperança."

    me deu um arrepio por dentro, não sei por que...

    adoorei o blog !

    De verdade!


    beijo, e volte sempre!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo elogio no meu blog Deka.
    Se quiser parceria, é só falar.

    Ótimo blog o seu, bem criativo...
    Acho que o final do ano, mesmo se somos pessoas sociáveis, nos faz sentir meio sozinhos.

    É como se a reflexão nos trouxesse a solidão.
    Abraços!

    http://arvoreando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. haha esta foto do cachorro "pedindo carinho" foi perfeito para comparar com o texto

    adorei ehhehe

    sucesso com o blog ... ha bela música tb

    :)

    ResponderExcluir
  4. Fica assim não... fim de ano é triste mesmo... as músicas de natal programação da televisão.. enfim... seria legal fazer origami .. nesse site tem uns bem fáceis e vc passa o tempo de forma divertida

    http://www.origami-club.com/en/

    B-jão

    ResponderExcluir
  5. Ah... esqueci de comentar uma coisa... essa depre toda tem que ser só no eu lírico ... a trilha sonora do blog tb é massa!

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha
    Concordo plenamente . Me identifiquei bastante no post .
    Valeu pela visita la no meu ,também voltarei mais vezes por aqui =)
    Beijos !

    ResponderExcluir
  7. hahahahaha

    não foi nada, eu achei o teu blog muito original mesmo.

    e, eu acho que não colocarei o conto inteiro, quero que o pessoal não saiba o que acontece no fim.

    hahahahahahahahah

    passa lá de novo qualquer dia desses.

    bejo

    =]

    ResponderExcluir
  8. É...também tenho a mesma sensação,sempre fico deprimida e sensível nos fins de ano. E acho que não é o espírito natalino não.
    Mas acho que é por causa do meu aniversário que é próximo a essas datas festivas...Um motivo para eu não ficar triste,mas vai entender!!
    Freud explica!
    abraços

    ResponderExcluir

Olá! Se está aqui, leu e quer dizer algo...